É CARNAVAL

Com famílias reunidas, Corso abre Carnaval de antigamente em Caraguatatuba

Abertura do Carnaval de Antigamente contou com muita fantasia, confete e serpentina; famílias aproveitaram a folia ao som de marchinhas

Estéfani Braz
Publicado em 10/02/2024, às 13h00 - Atualizado às 14h42

FacebookTwitterWhatsApp
Foliões usaram e abusaram das fantasias na abertura do Carnaval de Antigamente - Estéfani Braz
Foliões usaram e abusaram das fantasias na abertura do Carnaval de Antigamente - Estéfani Braz

A concentração de pessoas com a presença dos bonecões, que representam personalidades importantes de Caraguatatuba, é o sinal de que o corso está na rua, para abrir o Carnaval de Antigamente. Crianças, idosos e muitas famílias, fantasiados ou não, acompanharam o percurso, na sexta-feira (9). O cortejo seguiu da praça Dr. Diógenes Ribeiro de Lima para a praça Cândido Motta, no centro, onde as bandas Feira Livre e New Band animaram os foliões.

O corso nasceu no ano de 2009, quando um calhambeque Ford 1929, acompanhado de banda, bonecões, pierrôs, colombinas e melindrosas, mais quatro "Carmens Mirandas", saiu pela primeira vez do polo cultural, sede do MACC, e percorreu as ruas do centro até o coreto da praça Dr. Cândido Motta, contagiando os foliões que prestaram uma homenagem à cantora pelos 100 anos de nascimento.

Mulheres fantasiadas posam com bonecão
Maria Cidil Estefanelli da Cruz (à dir.) se preparando com as amigas para o Corso - Estéfani Braz

A Fundacc disponibiliza fantasias para quem tem interesse e muitas pessoas utilizam os adereços. Maria Cidil Estefanelli da Cruz é frequentadora do Centro Integrado à Pessoa com Deficiência e ao Idoso (Ciapi)  e aproveitou o quepe para garantir a foto com as amigas ao lado dos bonecões. “Desde que terminou a pandemia, eu já fiquei presencial no Ciapi fazendo algumas atividades e, agora, faço várias atividades. E lá é muito bom. Eu aproveito também para participar das festas e não poderia deixar de participar do Carnaval. Gosto muito de tudo”. 

O Carnaval de Antigamente se tornou uma tradição e é realizado de forma descentralizada, para envolver toda a população da cidade e turistas. Os bairros que irão receber o baile são centro, Porto Novo e Massaguaçu. Malu Baracat, presidente da Fundação Cultural de Caraguatatuba (Fundacc), vestiu os trajes e acompanhou o percurso. “É um desfile que chama a população para pular Carnaval. É muito antigo, da França. É uma tradição muito legal”, explica. 

Veja o vídeo

A balconista Letícia Paula é moradora de Caraguatatuba, mas participa pela primeira vez do Carnaval da cidade. “Primeira vez que venho passear para curtir o carnaval. Está muito linda a festa. Estou adorando. Eu curtia mais em Ilhabela, em São Sebastião, mas resolvi curtir por aqui e tô amando”. 

Ela estava acompanhada da amiga Magali dos Santos, que é recepcionista, e também nunca tinha curtido a folia na cidade. “Primeira vez que venho em 39 anos. Estou achando muito bom e, se Deus permitir, amanhã estou aqui de novo. Eu moro em Caraguá há seis anos e foi a primeira vez que minha amiga me convidou e resolvi vir”. 

Amigas com tiaras de Carnaval
Magali (esq.) e Letícia (dir.) aproveitam pela primeira vez Carnaval em Caraguatatuba - Estéfani Braz

Se para os adultos o evento traz recordações de Carnavais passados, para as crianças há a oportunidade de criar memórias e conhecer o que era sucesso nos “bailinhos”. 

Duas crianças com tiara de bichinhos posam com a mãe
Giovana, Manuella e a mãe Rafaela curtem o Corso com família e amigos - Estéfani Braz

Com tiaras decoradas e acessórios típicos da festa, as amigas Manuella Ferreira, Beatriz Maravalhas e Giovana Aguilar, de 11 anos, curtiram com a família e elogiaram a organização. Manuella fala com empolgação sobre a data. “Eu vim porque eu amo o Carnaval. É uma experiência muito legal estar aqui e eu to achando a festa muito criativa. Os bonecões estão lindos, a decoração, está tudo muito lindo”. 

Para Giovana, o Carnaval proporciona um momento único. “Eu adoro Carnaval. Jogar confete, essas coisas, eu adoro. Estou toda melada de espuma, porque a gente brincou e eu acho muito legal. Adoro os bonecos”. 

Beatriz não fica de fora e exalta a paixão pelo Carnaval. “Todos os anos que tem Carnaval aqui, eu sempre venho por causa da minha escola. A gente sempre vem para cá e eu acho muito legal, porque tem muita gente, tem música ao vivo”.

Três meninas com tiaras de bichinho
(esq. p/ dir.) Manuella, Giovana e Beatriz amam o Carnaval e dizem  que estarão presentes todos os dias - Estéfani Braz

  • Programação

O Carnaval de Antigamente segue até terça-feira (13), com cinco bailes e quatro matinês nas praças Dr. Cândido Mota (Coreto), no centro, e Isaías de Souza, no Porto Novo. Os bailes com animação das bandas Feira Livre e New Band serão realizados das 20h às 0h. Já no bairro do Massaguaçu, os bailes acontecem nos dias 10, 11 e 12, das 17h às 20h, com a banda Máscara Negra.

  • Matinês

A programação prevê também quatro matinês, no centro e Porto Novo, sempre das 14h às 18h. Nestes locais, haverá oficinas com recreação e atividades de arte, pintura de rosto, confecção de adereços carnavalescos, animando a brincadeira, promovidos pela Fundacc. Apenas no bairro Massaguaçu não haverá a matinê, apenas o baile de Antigamente.

A programação detalhada pode ser conferida pelo link

Estéfani Braz

Formada em Comunicação Social na Faculdades Integradas Teresa D'Ávila

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!