PARALIZAÇÃO

Trabalhadores de coleta e limpeza urbana anunciam greve geral no litoral de SP

Funcionários da Terracom de Bertioga, Guarujá, Cubatão, Santos, São Vicente e Praia Grande ameaçam paralisar serviços nas próximas 72 horas

Lenildo Silva
Publicado em 08/07/2024, às 13h40 - Atualizado às 13h57

FacebookTwitterWhatsApp
Decisão foi tomada após assembleias do sindicato com funcionários da Baixada Santista - Foto: Andre Domingues
Decisão foi tomada após assembleias do sindicato com funcionários da Baixada Santista - Foto: Andre Domingues

O Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Prestação de Serviços de Asseio e Conservação e Limpeza Urbana (Siemaco) anunciou que os funcionários da Terracom, empresa responsável pela limpeza urbana e coleta seletiva na Baixada Santista, litoral de São Paulo, aprovaram  greve geral a partir das 0h de quinta-feira (11). A decisão foi tomada após funcionários de Bertioga, Guarujá, Cubatão, Santos, São Vicente e Praia Grande rejeitaram a proposta salarial da empresa de limpeza urbana

De acordo com o edital divulgado pela Siemaco, na manhã de hoje (8), a paralisação será por tempo indeterminado, no entanto, novas negociações poderão ocorrer até as 23h59 de quarta-feira (10), e caso uma contraproposta satisfatória seja apresentada a greve será cancelada.

André Domingues de Lima, diretor presidente do Siemaco, informou que, na semana passada, foram realizadas assembleias em todas as garagens da Terracom, para discutir o aumento oferecido pela empresa. Segundo ele, todos os trabalhadores consideraram a oferta insatisfatória.

Ainda de acordo com o presidente, "a negociação não envolve as prefeituras, mas diretamente as empresas de limpeza urbana, que se mostraram insensíveis às reivindicações dos trabalhadores. Os funcionários pedem um aumento real de 1,6%, em consonância com a média nacional de reajuste salarial de 1,52% de abril de 2023 a março de 2024”, explica.

O sindicato Siemaco argumenta que a proposta de 5% de aumento salarial está dentro da média nacional. Atualmente, o salário base de um coletor é de R$ 1.512, enquanto os varredores recebem R$ 1.454,22. O sindicato aponta que 7,6% das empresas conseguiram um reajuste acima da inflação, enquanto apenas 3,3% ficaram abaixo da média.

empresas de limpeza urbana, que se mostraram insensíveis às reivindicações dos trabalhadores
"Empresas de limpeza se mostraram insensíveis às reivindicações dos trabalhadores", diz presidente - Foto: André Domingues

Edital de convocação

O presidente informou, ainda, que a paralisação é um direito garantido pela Constituição Federal e pela Lei nº 7.783/89, que regulamenta o direito de greve no Brasil. A comunicação oficial da greve foi feita pelo Siemaco por meio de um edital de convocação. Leia a convocação na íntegra.

Acompanhe o Costa Norte no Google Notícias

"Na última semana fizemos assembleias em todas as garagens da empresa TERRACOM levando  ao conhecimento dos trabalhadores(as)o aumento oferecido pelo patronal, e por unanimidade houve rejeição do índice oferecido.

 Hoje soltamos o edital de convocação para greve temos 72 horas para de fato decretar a greve OFICIALMENTE, à partir da 0:00 do dia 11/7 os serviços de coleta e limpeza serão suspensos nos seis municípios da nossa região metropolitana da baixada santista Bertioga, Guarujá, Cubatão, Santos, São Vicente e Praia Grande.

SIEMACO Baixada Santista trabalhando em prol do melhor para o trabalhador. Pelo presente Edital o Sindicato Siemaco Baixada Santista, inscrito no CNPJ/MF, sob o n° 03.561.490/0001-93, com sede à Av. Pinheiro Machado n° 18, na cidade de Santos, Estado de São Paulo, na qualidade de representante legal dos Empregados de Limpeza Urbana nos municípios de Santos, São Vicente, Guarujá, Praia Grande, Cubatão e Bertioga/SP, vem, com fundamento no artigo 9° da C.F e artigos 1°, 2°, 3° e 10° da Lei n° 7.783/89, vez que, frustradas as tentativas de negociação coletiva da categoria, comunicar às empresas tomadoras de serviços representadas pelo Sindicato das Empresas de Limpeza Urbana - SELUR e a sociedade em geral, que atendendo à decisão dos trabalhadores filiados a esta categoria profissional, empregados das empresas de Limpeza Urbana; comunicar a população e aos Poderes Públicos Municipais e Intermunicipais que os trabalhadores decidiram decretar GREVE à partir de 72 (setenta e duas horas), da presente Notificação, a saber que, das Zero Hora do dia 11/07/2024, será deflagrada greve pela categoria profissional, representada por este Sindicato, por tempo indeterminado de duração.

Santos, 08 de julho de 2024.

TERRACOM

A reportagem tentou contato com a Terracom, mas até o momento não obteve retorno. O espaço está aberto para a empresa se manifestar e, quando o fizer, a matéria será atualizada.

Siga o Costa Norte no WhatsApp e receba as principais notícias do litoral de São Paulo

Lenildo Silva

Lenildo Silva

Cursa jornalismo na Faculdade Estácio

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!