ATENÇÃO, CONSUMIDOR!

Fábrica clandestina é flagrada com 4 toneladas de carne estragada

Parte da carne, que seria usada na produção de charque de boi, estava ao ar livre sem qualquer proteção, com moscas e baratas

Redação
Publicado em 04/10/2023, às 11h55

FacebookTwitterWhatsApp
Além das carnes expostas, as caixas encontradas na câmara fria estavam vencidas - Divulgação/Polícia Civil
Além das carnes expostas, as caixas encontradas na câmara fria estavam vencidas - Divulgação/Polícia Civil

A Polícia Civil flagrou uma fábrica clandestina em Carapicuíba (SP), com 4.600 quilos de carne vencida. Parte do material estava exposto ao sol, aberto em pedras, sem qualquer proteção contra aves e insetos. Em meio a mercadoria estavam moscas e baratas.

A equipe da Delegacia de Investigações Sobre Infrações Contra o Meio Ambiente (DIICMA) foi acionada para vistoriar a empresa, instalada no bairro Jardim Marilu. Quando chegou no local, se deparou com o proprietário e as carnes expostas. Ele teria afirmado aos agentes que o material seria usado na produção de charque de boi. Ainda, na Câmara fria, foram apreendidas 230 caixas, cada uma com 20kg de carne, todas com prazo de validade vencido. 

A Vigilância Sanitária e o Serviço de Inspeção Federal do Ministério da Agricultura (SIF) foram acionados e lacraram os produtos. O responsável pela fábrica foi preso em flagrante e, caso seja condenado, pode cumprir pena de dois a cinco anos de prisão, que é o previsto por lei.

A ocorrência foi registrada como crime contra as relações de consumo na DIICMA de Carapicuíba. Não foram divulgadas informações detalhadas sobre a empresa ou o destino dos produtos. 

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!