BALNEABILIDADE

Com previsão de sol, litoral de SP tem mais de 20 praias impróprias para banho

Pior situação se encontra na Baixada Santista, que tem 18 praias com bandeira vermelha da Cetesb; São Vicente tem todas as praias impróprias

Esther Zancan
Publicado em 14/06/2024, às 09h59

FacebookTwitterWhatsApp
Praia da Divisa, em São Vicente, é uma das que estão com bandeira vermelha da Cetesb - Esther Zancan
Praia da Divisa, em São Vicente, é uma das que estão com bandeira vermelha da Cetesb - Esther Zancan

Apesar de faltar apenas uma semana para a chegada oficial do inverno (21 de junho, às 17h51), a previsão do tempo indica que os próximos dias serão ensolarados, sem chuva e com temperaturas, em alguns momentos, superiores aos 30 graus. Tudo isso é devido a uma grande massa de ar seco que predomina sobre o Brasil neste fim de outono. E, se a ideia é aproveitar o veranico para se refrescar no mar, é preciso ficar atento a balneabilidade. De acordo com o boletim semanal da Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo), divulgado na quinta-feira (13), o litoral de São Paulo está com mais de 20 praias com bandeira vermelha, ou seja, impróprias para banho.

A pior situação se encontra na Baixada Santista, com 18 praias classificadas como impróprias. Confira a situação de cada cidade:

  • Peruíbe: todas as praias estão com bandeira verde (próprias para banho);
  • Itanhaém: apenas a praia dos Pescadores está com bandeira vermelha;
  • Mongaguá: apenas a praia Central está imprória para banho;
  • Praia Grande: Canto do Forte, Boqueirão, Vila Tupi, Vila Mirim, Maracanã, Vila Caiçara e Jardim Solemar estão com bandeira vermelha;
  • São Vicente: todas as praias da cidade estão impróprias para o banho (praia da Divisa, Itararé - Posto 2, praia da Ilha Porchat, praia dos Milionários, Gonzaguinha e Prainha);
  • Santos: diferentemente da semana passada, quando todas as praias da cidade estavam com bandeira vermelha, nesta semana todas as praias santistas ostentam bandeira verde;
  • Guarujá: a praia do Perequê e o trecho próximo à estrada de Pernambuco da praia da Enseada estão imprópria para o banho;
  • Bertioga: apenas o trecho próximo ao Sesc, da praia da Enseada, está com bandeira vermelha.

Litoral norte

Prainha de Caraguatatuba
A Prainha, em Caraguatatuba, é a única praia da cidade classificada como imprópria pela Cetesb - Reprodução/Luciana G.

No litoral norte, a situação da balneabilidade é bem mais favorável. Veja a situação de cada cidade:

  • Ubatuba: apenas a praia de Iperoig e os dois trechos monitorados da praia de Itaguá (próximos aos números 240 e 1724 da avenida Leovigildo Dias Vieira) estão com bandeira vermelha;
  • Caraguatatuba: apenas a Prainha está imprópria para o banho;
  • São Sebastião: todas as praias estão com bandeira verde;
  • Ilhabela: apenas a praia de Barreiros Sul está imprópria para o banho.

Recomendações

A Cetesb recomenda evitar banhar-se em água do mar classificada como imprópria. Também não é aconselhável tomar banho em canais, córregos e rios que deságuam no mar. Evite ainda a ingestão de água do mar.

Click aqui para seguir nosso canal no WhatsApp

Crianças, idosos e pessoas com baixa imunidade são as mais propensas a desenvolver doenças ou infecções após nadarem em águas contaminadas. A doença mais comum associada à água do mar poluída é a gastroenterite. Outras doenças menos graves incluem infecções de olhos, ouvidos, nariz e garganta.

Apesar de a previsão do tempo indicar que não há possibilidade de chuvas para este fim de semana no litoral paulista, a Cetesb lembra também que as precipitações podem comprometer a balneabilidade e levar a uma avaliação imprópria para o banho. A orientação da companhia é que se evite o banho de mar nas primeiras 24 horas após chuvas intensas.

Esther Zancan

Esther Zancan

Formada pela Universidade Santa Cecília, Santos (SP). Possui experiência como redatora em diversas mídias e em assessoria de imprensa.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!