CONTORNO SUL

Novo trecho da Tamoios tem 97% das obras concluídas e desafogará trânsito na SP-55

Contornos norte e sul têm investimento de cerca de R$ 3 bilhões; novo trecho da Tamoios contará com sistema free flow de pedágio

Estéfani Braz
Publicado em 08/07/2024, às 19h50 - Atualizado às 20h25

FacebookTwitterWhatsApp
Alça viária era solicitada para desafogar trânsito na região central de São Sebastião - Juliano Rodrigues/PMSS
Alça viária era solicitada para desafogar trânsito na região central de São Sebastião - Juliano Rodrigues/PMSS

A rodovia dos Tamoios terá, a partir de novembro, mais uma alternativa para o usuário que segue com destino às cidades de São Sebastião e Ilhabela. O contorno sul tem inauguração prevista para 17 de novembro deste ano. Atualmente, a obra está 97% concluída. Segundo a Concessionária Tamoios, os contornos norte e sul têm 33,9 quilômetros de extensão. Os novos acessos liberam o usuário de passar por trechos urbanos, reduzindo o tempo de viagem. Os investimentos nas obras são de cerca de R$ 3 bilhões.

Siga o Costa Norte no WhatsApp e receba as principais notícias do litoral de São Paulo

O contorno sul será uma opção, além da SP-55, que passa por obras de revitalização e tem causado grandes congestionamentos na região. O novo trecho fará a interligação de Caraguatatuba até o porto de São Sebastião.

Free Flow

Ainda de acordo com a concessionária, a via contará com túneis e viadutos para garantir mais conforto e agilidade. Além disso, será implantado o sistema free flow de pedágios, ou seja, identificação automática de veículos para pagamento da taxa. Um único pórtico, que substituirá a tradicional praça de pedágio, será instalado no km 13,5. Ainda não há valor definido para a tarifa, mas a expectativa é de que seja de cerca de R$5.

Free Flow
Ilustração identifica localização de novo sistema de pedágio no contorno sul - Divulgação/ Concessionária Tamoios

Placas de identificação e orientação ao usuário serão instaladas ao longo da rodovia. Apenas os usuários que seguirem sentido São Sebastião deverão realizar o pagamento da taxa. 

O sistema de cobrança funciona automaticamente, sem a necessidade de cabines de cobrança e barreiras físicas. Ele funciona por meio de câmeras e sensores, chamados de pórticos, que fazem a identificação automática dos veículos pelas tags de cobrança ou placas dos carros. Com isso, não é necessário parar ou reduzir a velocidade.

Acompanhe o Costa Norte no Google Notícias

Estéfani Braz

Estéfani Braz

Formada em Comunicação Social na Faculdades Integradas Teresa D'Ávila

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!