BRIGA NO P.S

Vereador Tiago Peretto fala sobre a confusão no P.S de São Vicente

O parlamentar concedeu uma breve entrevista à equipe do Jornal Litoral

Danilo Martins e Thiago Dantas
Publicado em 29/05/2024, às 17h00

FacebookTwitterWhatsApp
Peretto disse que o colaborador, que também é seu cunhado, foi desligado da equipe - Reprodução TV Cultura Litoral
Peretto disse que o colaborador, que também é seu cunhado, foi desligado da equipe - Reprodução TV Cultura Litoral

Após a grande repercussão do caso de agressão em que um assessor do vereador Tiago Peretto (União Brasil), de São Vicente, agrediu um funcionário que faz o controle de acesso no Pronto-Socorro da cidade, o parlamentar concedeu uma entrevista à equipe de reportagem do Jornal Litoral sobre o lamentável incidente. Peretto disse que ficou desconcertado com a cena e que o colaborador, que também é seu cunhado, foi desligado da equipe. Em consequência disso, o vereador Thiago Alexandre (PSD) apresentou na 18ª Sessão Ordinária de ontem (28) um anteprojeto de lei com o objetivo de aumentar a segurança e a privacidade em equipamentos públicos da cidade.

Propositura

A proposta sugere a implementação de sistemas de controle de acesso nas áreas restritas ao público, permitindo a entrada apenas de pessoas autorizadas. Para o acesso de autoridades públicas municipais no exercício do poder de fiscalização, será necessária a identificação e solicitação de acompanhamento de um responsável pela unidade. O acesso de detentores de mandato eletivo será permitido sem acompanhamento de assessores ou funcionários.

Luta contra as Fake News

A poucos meses das eleições municipais, a Alesp aprovou ontem (28) o PL 45/22 - Semana de Educação Midiática - de autoria do deputado estadual Caio França (PSB). O PL é produto de uma pesquisa acadêmica que reuniu diversos especialistas no assunto e investigou o impacto do fenômeno das fake news e da desinformação na democracia brasileira, com participação da jornalista e assessora parlamentar Renata Ferrarezi.

Risco 

Caso o governador Tarcísio sancione a propositura, o estado de São Paulo será referência em todo o mundo ao propor que a última semana de outubro seja dedicada à conscientização de alunos dos Ensinos Fundamental II e Médio, tratando este debate com a seriedade que ele merece.

Um grande problema

Ao lado das mudanças climáticas, a desinformação foi considerada no início deste ano como o maior risco global a ser enfrentado nos próximos dois anos pelo Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça.

Letramento Midiático e Informacional

Em consonância com as diretrizes da Global Mil Week (Semana Global de Alfabetização Midiática e Informacional) da Unesco, o PL reúne políticas públicas de combate à desinformação, com soluções que podem contribuir para a discussão da prática pedagógica, por meio do incentivo ao uso de ferramentas digitais e do desenvolvimento do letramento midiático e informacional, do exercício da cidadania plena, do protagonismo juvenil, do fortalecimento das instituições democráticas e do próprio regime democrático.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!