Hip hop é destaque no centro histórico de Santos neste domingo

Costa Norte
Publicado em 23/08/2017, às 13h47 - Atualizado às 16h07

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte
Agenda diversificada e gratuita engloba os quatro elementos da cultura hip hop: rimas, discotecagem, grafite e dança. Rapper Thaíde é uma das atrações

O rapper Thaíde é um dos destaques do Encontro Regional de Hip Hop, que acontece neste domingo, 27, das 15h às 21h30, no centro histórico de Santos, com atividades gratuitas na Cadeia Velha (praça dos Andradas, s/nº), teatro Guarany (praça dos Andradas, 100) e na própria praça. A proposta é reunir agentes e simpatizantes do movimento hip hop e promover a cultura na Baixada Santista.

O evento, com organização da Assessoria de Gêneros e Etnias, do governo do estado de São Paulo, e corealização do projeto Muito Prazer! Meu nome é Hip Hop, promove agenda diversificada, que engloba os quatro elementos da cultura hip hop: rimas, discotecagem, grafite e dança.

Entre os destaques da programação, está o show de Altair Gonçalves, mais conhecido como Thaíde, veterano e referência no movimento hip hop brasileiro. Músico e ator, nos anos 1980 e 1990 fez sucesso ao lado do paulistano DJ Hum. Também atuou como apresentador de TV. Sua performance ocorre no teatro Guarany, a partir das 19h30, com retirada gratuita de ingressos com uma hora de antecedência do início do show, na bilheteria do teatro.

Quadro

Programação

- Cadeia Velha - Sala Plínio Marcos, das 15h às 19 horas (lotação - 100 pessoas)

Abertura com apresentação Jazz Hip Hop com Projeto Guri, convidado Drê Araújo.

Bate-papo Hip Hop Origens, com Banks, Pedro Paulo, Buddy X e Mayarah Magalhães.

Tempo Poético – Banks convida os pensadores marginais periféricos da Baixada Santista.

Espaço aberto para danças sociais do hip hop.

- Hall de entrada da Cadeia Velha, das 17h às 19h

Lançamento do livro de poesias do Sarau Itinerante.

- Praça dos Andradas, das 15h às 19 horas

Encontro Regional de Batalhas de Hip Hop, livepaint e feira comunitária. Ação social com corte de cabelo, tranças em estilo afro e maquiagem, todos gratuitos.

- Teatro Guarany, das 19h30 às 21h30 (lotação - 300 pessoas)

Abertura com Blood convida Boy Killa, Dril, Kamau, Lino Krizz e Pregador Luo.

Show Vamo que vamo que o som não pode parar, com Thaíde.

*Ingressos devem ser retirados, gratuitamente, com uma hora de antecedência do início da programação, na bilheteria do teatro.

Santos

Da redação

Foto: Marcos Hermes

Leia mais:  Daniela Mercury canta no Sesc

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!