Reflexão

Espetáculo infantil Os Coloridos aborda racismo

De forma lúdica, o coletivo Os Crespos propõe uma reflexão sobre a diversidade cultural do país

Da Redação
Publicado em 22/11/2018, às 12h55 - Atualizado em 23/08/2020, às 18h00

FacebookTwitterWhatsApp
Em uma festa de cores, os atores e o público se tingem com tinta em pó - Divulgação
Em uma festa de cores, os atores e o público se tingem com tinta em pó - Divulgação

O coletivo teatral Os Crespos aborda o racismo de maneira lúdica no espetáculo Os Coloridos, que faz parte da programação do projeto Negritudes: aprender, resistir, celebrar  deste domingo, 25, a partir das 11 horas, na Casa da Cultura de Bertioga (avenida Tomé de Souza, 130, Centro). A apresentação é gratuita. 

A montagem reflete acerca da diversidade cultural e étnica do país contando a história de duas araras: uma vermelha e outra amarela. Elas conhecem somente as suas próprias espécies e disputam o poder julgando uma a outra pelas cores de suas penas. 

Em um determinado momento, ambas se encontram com a arara azul e passam a repensar seu comportamento.  Com 60 minutos de duração, a peça conta com a direção de Lucelia Sergio e dramaturgia de Cidinha da Silva. 

O projeto Negritudes ocorre durante todo o mês de novembro por meio de uma parceria entre o Sesc Bertioga e a Secretaria Municipal de Turismo, Esporte e Cultura, e traz ações em várias áreas, considerações sobre Identidade Racial e Consciência Negra.

Música, dança, teatro, cinema, palestras e debates pretendem provocar reflexões sobre esta temática, valorizando os saberes, as lutas e as celebrações da Cultura Negra  

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!