Padrasto é acusado de estuprar enteada de 10 anos, em pleno Natal

Segundo o BO, ao entrar no quarto, mãe presenciou homem tendo relação sexual com sua filha

Da Redação
Publicado em 26/12/2018, às 13h07 - Atualizado em 24/08/2020, às 04h35

FacebookTwitterWhatsApp
Homem foi acusado do crime por sua companheira - Reprodução/Internet
Homem foi acusado do crime por sua companheira - Reprodução/Internet

Um homem, de 30 anos, foi acusado por sua companheira, uma mulher de 25 anos, de  estuprar a enteada, de apenas 10 anos, em plena noite de Natal (terça-feira, 25), no bairro Indaiá, em Bertioga. 

No boletim de ocorrência, registrado na delegacia de polícia de Bertioga às 20h48, do dia 25, consta que o crime teria ocorrido por volta das 18h10. A mãe, que esteve presente na delegacia, disse que, ao entrar no quarto, "presenciou seu amásio tendo relação sexual com a filha", de 10 anos de idade e que, no momento em que começou a gritar por socorro, ele fugiu do local.

Após ligar para o 190, a mãe e a vítima foram socorridas por uma ambulância do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU), que passava pelo local e levadas para o Hospital Municipal Bertioga.

O conselho tutelar da cidade foi acionado e encaminhará a mãe e a vítima ao IML do Guarujá para realização de exames legais. 

Por telefone, na quarta-feira, 26, a mãe da criança informou à reportagem, que vive com o companheiro há três anos e que nunca tinha notado nada de anormal. "Estamos em estado de choque", afirmou. Ela disse, também, que não sabe do paradeiro do acusado. 

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!