Mulher é vítima de estupro coletivo no Rio de Janeiro

Costa Norte
Publicado em 20/10/2016, às 14h08 - Atualizado em 23/08/2020, às 15h34

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte

Foto: Reprodução

Mais um caso de estupro coletivo é investigado no Rio de Janeiro. Desta vez o crime ocorreu em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, e a vítima, uma mulher de 35 anos.  A dona de casa foi atacada  na noite de segunda-feira, 17, em um bar, localizado na rua Cardeal Sebastião Leme.

De acordo com as investigações, a mulher estava acompanhada de um amigo, quando quatro adolescentes a abordaram e a levaram para o banheiro do estabelecimento. Lá, ela foi obrigada a fazer sexo oral com todos eles.  Ela e o amigo foram liberados em seguida, mas a mulher voltou a ser atacada e levada para outro local, a rua Caetano Moura, uma região deserta e com pouca iluminação, onde voltou a ser forçada a praticar sexo, desta vez coito anal e vaginal.

Segundo o depoimento prestado na 74ªDP (Alcântara), ela relatou que os estupradores chegaram a usar galhos de árvore para consumar o estupro. Após o relato, ela foi encaminhada para exames no Instituto Médico Legal de Tribobó.

A vítima foi encontrada por policiais militares que faziam patrulhamento pelo local. Ela estava seminua e muito abalada. Dois menores, um de 15 e outro de 16 anos, que estavam perto do local do crime, foram abordados pelos PMs, reconhecidos pela vítima e encaminhados para a delegacia. A polícia ainda procura os outros autores do crime.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!