Ex-prefeito de Fernandópolis é preso em Bertioga

Costa Norte
Publicado em 15/09/2017, às 08h50 - Atualizado em 23/08/2020, às 16h09

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte
De acordo com o MP, Luiz Vilar utilizou equipamento públicos para fazer terraplanagem em um evento particular durante seu mandato em Fernandópolis

O ex-prefeito de Fernandópolis (SP), Luiz Vilar de Siqueira, foi preso pela Polícia Civil, na tarde de quarta-feira, 14, na casa de sua irmã, no bairro de Boraceia, em Bertioga. De acordo com o boletim de ocorrência, Luiz possuía um mandado criminal, em seu desfavor, que havia sido expedido em 25 de agosto de 2017

Ele foi condenado a 13 anos de prisão pelo crime de falsidade ideológica, depois que o Ministério Público o acusou de utilizar máquinas de uma empresa terceirizada contratada pela prefeitura para fazer terraplanagem em um evento particular durante seu mandato.

Após ser questionado, Luiz teria assinado um decreto falso, o de nº 5.726/09 publicado em 05/05/2009, e enviado um ofício ao MP com informações errôneas. Entre os meses de abril e maio de 2009, ele ainda teria invadido um terreno de propriedade privada para realizar o evento.

O ex-prefeito também é investigado por desvios de repasses na fundação educacional de Fernandópolis, mas ainda não há sentença. Luiz foi encaminhado para a Cadeia Pública do Guarujá, e fica à disposição da justiça.

Foto: Rubens Cardia

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!