Acusados de roubo são agredidos por populares em Boracéia

mayumi
Publicado em 06/11/2017, às 11h57 - Atualizado em 23/08/2020, às 16h13

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte
Os indiciados foram apreendidos com a carteira da vítima, além de um simulacro de pistola e uma faca

Dois jovens acusados de roubo foram agredidos por populares após um roubo no bairro Boracéia, em Bertioga. Os indiciados, ambos de 21 anos, foram detidos e devem responder pelo crime.

O assalto ocorreu por volta das 18 horas de sexta-feira, 3, quando a vítima caminhava pela rodovia Rio-Santos após sair da praia. O jovem de 18 anos foi abordado pela dupla que, sob ameaça, roubaram-lhe um celular IPhone 7, avaliado em R$ 4 mil, e sua carteira.

Segundo o boletim de ocorrência, a vítima declarou que os ladrões deixaram o local calmamente, cada um em uma bicicleta. No entanto, alguns metros à frente, os dois foram identificados por populares, que correram para pegá-los. Quando a PM chegou e efetuou o flagrante, os ladrões já haviam sido agredidos pelo grupo que os deteve.

A carteira roubada da vítima foi recuperada pela polícia, no entanto, o celular não foi localizado em posse dos indiciados Michael Vieira da Trindade e Daniel Silva dos Santos. A dupla foi presa em flagrante e permanecem à disposição da Justiça.

Crimes no Centro

O feriado prolongado teve o registro de um roubo e uma tentativa do mesmo crime no Centro. No dia 3, um trio armado invadiu a residência de um homem que chegava em casa por volta da meia-noite. Os ladrões, armados, aproveitaram a entrada da vítima na garagem com o carro e invadiram o local. Assim que bateram na janela da porta do motorista, o morador deu uma arrancada brusca com o carro e fugiu. Os ladrões chegaram a efetuar disparos, mas não houve feridos e nada foi levado do local.

No dia 4, por volta das 20h30, também um trio invadiu uma casa da área do Jardim Veleiros de maneira semelhante. Quando a vítima desceu do carro para abrir o portão, foi abordado por três homens encapuzados, sendo dois deles armados.

Sob ameaça, o homem de 52 anos e sua mulher foram ordenados a deitarem no chão, onde foi jogada uma toalha em suas cabeças. Os ladrões levaram documentos, cartões bancários, um televisor, um videogame X-Box, uma câmera fotográfica, filmadora, tablete, um par de alianças de ouro e dois celulares.

O caso segue sob investigação e, até segunda-feira, 6, não houve pressões relacionadas ao roubo.

Foto: JCN

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!