Mobilidade

Hospital para síndromes respiratórias já está funcionando em Praia Grande

Estrutura montada anexa ao pronto-socorro Quietude e já é um importante equipamento no combate ao Covid-19

Da Redação
Publicado em 06/04/2020, às 08h54 - Atualizado em 23/08/2020, às 22h28

FacebookTwitterWhatsApp
Divulgação/PMPG
Divulgação/PMPG

O equipamento conta com uma estrutura diferenciada. O Hospital para atendimentos específicos de casos de síndromes gripais e respiratórias dispõe de alas adulta e infantil, sendo quatro leitos adultos e três infantis, salas de medicação, soroterapia, observação, além de consultórios e sala de recepção.

Outro destaque é que o local possui área para raio-x, o que agiliza a entrega de resultados desse exame para um diagnóstico mais preciso dos médicos. Uma unidade semi-intensiva, com quatro leitos, destinada a cuidados intensos, também integra o equipamento.

Participe dos nossos grupos ℹ  http://bit.ly/CNAGORA10  🕵‍♂Informe-se, denuncie!

O secretário adjunto de Saúde Pública (Sesap) de Praia Grande, Luiz Carlos Marono, explica a importância desse reforço na rede de saúde da cidade. “Essa estrutura deve ficar instalada junto ao PS Quietude até quando houver necessidade por conta da pandemia. Com essa unidade, a gente consegue separar quem vai ao pronto-socorro por qualquer outro problema e quem nos procura com suspeita de Covid-19, com essa separação, reduz-se a probabilidade de contaminação cruzada”.

No momento do atendimento no Pronto-socorro Quietude, um profissional efetuará uma triagem. Casos relacionados a síndromes gripais e respiratórias serão direcionados para o novo equipamento. Demais pacientes seguirão o fluxo normal de atendimento no PS.

Postos de Acolhimento

A prefeitura de Praia Grande finalizou também a montagem e instalação de mais dois importantes equipamentos da área da Saúde que serão utilizados no combate ao Covid-19: dois Postos de Acolhimento passam a realizar atendimentos na Cidade, um na UPA Samambaia e outro na Porta de Entrada de Urgência e Emergência do Hospital Irmã Dulce. Na prática, esses dois novos equipamentos terão papel fundamental na triagem dos atendimentos, agilizando os procedimentos com o fluxo diferenciado para os casos de pessoas com síndromes gripais e respiratórias. Os pacientes serão triados nas duas estruturas montadas na frente das unidades. A partir deste momento, ocorrerá o encaminhamento para os consultórios específicos relacionados à patologia constatada.

Hospitais de Campanha

Também estão em fase final de instalação dois Hospitais de Campanha, um no Ginásio de Esportes Falcão (Bairro Mirim), com 100 leitos, e outro no Ginásio Rodrigão (Tupi), com 88 leitos. Ambos receberão pacientes encaminhados com casos moderados de Covid-19. Já os pacientes com contornos graves serão destinados para unidades hospitalares, como o Hospital Irmã Dulce.

UTIs

A cidade conta com 20 leitos de UTI adulto, 10 infantis e 10 neonatais, além da construção de outros 30 leitos adulto que está em fase final. O Hospital particular Casa de Saúde, localizado no Bairro Mirim, está credenciado junto ao Município e oferece mais 20 leitos de UTI adulto. Ao todo, Praia Grande soma 90 leitos de UTI disponíveis para a população.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!