COVID-19

Governo russo afirma que vacina Sputnik V também tem mais de 90% de eficácia

Neste momento, dez vacinas estão na fase 3 de ensaios clínicos. Aprovação ocorre na fase 4

Da redação
Publicado em 10/11/2020, às 11h46 - Atualizado às 11h51

FacebookTwitterWhatsApp
Governo russo afirma que vacina Sputnik V também tem mais de 90% de eficácia - Reprodução/Olhar Digital
Governo russo afirma que vacina Sputnik V também tem mais de 90% de eficácia - Reprodução/Olhar Digital

Após a Pfizer e BioNTech anunciarem que sua vacina é 90% eficaz, o governo russo declarou que a vacina Sputnik V, produzida pelo Instituto Gamaleya com apoio do Fundo Russo de Investimento Direto (RDIF, na sigla em inglês), também tem mais de 90% de eficácia contra a covid-19.

Participe dos nossos grupos ➤ https://bit.ly/COSTAINFORMA10 📲 Informe-se, denuncie!

O anúncio foi feito horas depois de a farmacêutica norte-americana Pfizer divulgar resultados preliminares sobre a eficácia de sua imunização.

Segundo Oksana Drapkina, diretor de pesquisa do Instituto Gamaleya, a Sputnik V também teve comprovação de eficácia elevada nos indivíduos que receberam a vacina no país. A diferença é que esses resultados se referem à população imunizada, e não a um estudo com voluntários e grupo controle para comparação.

A declaração de 90% de eficácia, sginifica que a vacina conseguiu evitar 90% dos casos que ocorreriam se as pessoas não tivessem sido vacinadas.

Atualmente, existem dez vacinas na fase 3 de ensaios clínicos, a última antes da aprovação. A Rússia possui, também, uma segunda vacina que, embora ainda não tenha iniciado a terceira fase de ensaios clínicos, recebeu aprovação para uso na população. Desenvolvida pelo Instituto Vector de Virologia, a EpiVacCorona já foi utilizada em cerca de 400 pessoas no país.

* Com informações da Folhapress

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!