PANDEMIA

Covid-19: Brasil tem 46,5 mil mortes e 955,3 mil casos confirmados

Os estados com mais casos confirmados do novo coronavírus são: São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará, Pará e Maranhão

Da Redação
Publicado em 17/06/2020, às 16h50 - Atualizado em 24/08/2020, às 07h59

FacebookTwitterWhatsApp
Imagem Covid-19: Brasil tem 46,5 mil mortes e 955,3 mil casos confirmados
.

O Brasil teve 1.269 novas mortes por covid-19 registradas nas últimas 24h, de acordo com atualização do Ministério da Saúde divulgada hoje, 17. Com esses acréscimos às estatísticas, o país chegou a 46.510 falecimentos em função da pandemia do novo coronavírus.

Imagem acervo site

O balanço da pasta contabilizou também 32.188 novos casos da doença, totalizando 955.377, podendo chegar a marca de 1 milhão de pessoas infectadas até o fim desta semana.

A atualização diária traz um aumento de 2,8% no número de óbitos em relação a ontem(16), quando o total estava em 45.241. Já o acréscimo de casos confirmados marcou uma variação de 3,4% sobre o número de ontem, quando os dados do Ministério da Saúde registravam 923.189 pessoas infectadas.

Do total de casos confirmados de covid-19 no Brasil, 445.393 pacientes estão em observação e 463.474 foram recuperados. Há ainda 4.033 mortes em investigação.

A taxa de letalidade (número de mortes pelo total de casos) ficou em 4,9%. A mortalidade (falecimentos por 100.000 habitantes) foi de 22,1. Já incidência (casos confirmados por 100.000 habitantes) ficou em 454,6.

Os estados com maior número de óbitos são São Paulo (11.521), Rio de Janeiro (8.138), Ceará (5.282), Pará (4.350) e Pernambuco (4.009). Ainda figuram entres os com altos índices de vítimas fatais em função da pandemia Amazonas (2.579), Maranhão (1.570), Bahia (1.222), Espírito Santo (1.169), Alagoas (811) e Paraíba (696).

Os estados com mais casos confirmados de covid-19 são São Paulo (191.517), Rio de Janeiro (86.963), Ceará (84.967), Pará (74.192) e Maranhão (64.735).

Imagem acervo site

Imagem acervo site

Boletim epidemiológico covid-19 - Ministério da Saúde

Edição: Liliane Farias

Fonte: EBC Saúde

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!