Política

Sarrubbo participa de lançamento do Movimento Democracia Sempre

.Na tarde desta sexta-feira (5/6), a seção paulista da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SP) lançou o Movimento Democracia ...

Da Redação
Publicado em 05/06/2020, às 14h20 - Atualizado em 24/08/2020, às 07h53

FacebookTwitterWhatsApp
Divulgação / MP
Divulgação / MP
.

Na tarde desta sexta-feira (5/6), a seção paulista da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SP) lançou o Movimento Democracia Sempre em um evento remoto prestigiado por inúmeras autoridades e lideranças da sociedade civil. Além do anfitrião, o presidente da OAB-SP, Caio Augusto dos Santos, e de outros dirigentes da entidade, a mesa virtual foi integrada pelo procurador-geral de Justiça, Mario Sarrubbo, pelo governador João Doria, pelo desembargador Luiz Vidigal (TRT), pelo presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Edgar Camargo Rodrigues, pelo presidente da da Câmara Municipal de São Paulo, vereador Eduardo Tuma, e pela presidente da Associação Paulista dos Magistrados (Apamagis), Vanessa Mateus.Em seu discurso, Sarrubbo reafirmou "a convicção do Ministério Público de que qualquer dificuldade" só pode ser superada pela "pronta atuação das instituições, de forma harmônica". O PGJ mencionou os retrocessos de ordem social e econômica durante o período ditatorial iniciado em 1964, marcado pelo fim das liberdades. "Em 1988,  vem a Constituição Federal e nos traz o Estado Democrático de Direito e incumbe ao Ministério Público a defesa dessa democracia", afirmou Sarrubbo. "Não será 30 anos depois dessa conquista que o Ministério Público quebrará esse compromisso".O PGJ lembrou aos participantes do evento que, nesta semana, a instituição aprovou e expediu um enunciado, debatido no âmbito do comitê de inclusão social do grupo de trabalho da covid-19, "consagrando o direito de manifestação de todos, mas não o de ir à ruas pleiteando um golpe militar, o fechamento do Congresso Nacional ou o fechamento do  Supremo Tribunal Federal. Isso, na visão do MPSP, atenta contra a ordem democrática. "Não nos intimidaremos", enfatizou."Democracia sempre. Não ao retrocesso. Esse é o compromisso do Ministério Público de São Paulo", concluiu, depois de ter saudado a advocacia. "A OAB esteve sempre lutando pela democracia nos piores momentos do país".Caio Augusto, ao encerrar o evento, disse que São Paulo deu um exemplo para toda a nação. "Defendemos a democracia como único caminho", asseverou.

Fonte: MPSP

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!