Polêmica sobre carros marca primeira sessão da Câmara de Bertioga

Costa Norte
Publicado em 09/02/2017, às 13h17 - Atualizado em 23/08/2020, às 15h49

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte
Indicação apresentada por Valéria Bento (PMDB) propõe a devolução de carros à prefeitura para utilização na saúde

A primeira sessão da Câmara, realizada na terça-feira, 7, já iniciou com polêmica e auditório lotado. O impasse se desenvolveu em torno de uma indicação apresentada por Valéria Bento (PMDB), que trata da renúncia aos carros oficiais disponibilizados aos vereadores, assim como do combustível.

No trabalho conjunto com os vereadores Luís Henrique Capellini (PSD), Luiz Carlos Pacífico Júnior (PROS) e Matheus Del Corso Rodrigues (DEM), foi proposta a devolução dos carros para utilização da secretaria municipal da Saúde. Disse a vereadora: “Nós vivemos um momento de crise então, é mais do que óbvio que qualquer centavo que a gente puder voltar para os cofres públicos, a gente vai deixar de usar”.

Cada veículo fica disponível para dois vereadores e, ao todo, seis deles demonstraram interesse na iniciativa. Além dos responsáveis pela indicação, o trabalho foi subscrito por Arnaldo de Oliveira Junior (PV) e Antônio Carlos Ticianelli (PSDB).

O vice-presidente da Câmara, Eduardo Pereira de Abreu (SD) colocou em xeque a validade da indicação e afirmou que não poderia abrir mão de algo que não era seu, mas do ‘povo’.

Conforme informou o presidente Ney Vaz Pinto Lyra (PSDB), a indicação seguirá os trâmites da Casa e deverá passar por avaliação das comissões para verificar a legalidade da propositura e, posteriormente, por definição da Mesa Diretora, composta também pelos vereadores Antônio Carlos Ticianelli, 1º secretário, e Magno Roberto Silva Souza (PTB), 2º secretário.

Mudanças

Para abrir os trabalhos legislativos, Ney Lyra comentou que sua presidência será diferente das anteriores e pediu desculpas pelo atraso de aproximadamente 10 minutos para iniciar a sessão e que as próximas seguiriam o horário regimental. “Eu sou linha dura”, disse o vereador.

Diferentemente do habitual, o auditório permaneceu lotado até o encerramento e contou com a presença de secretários, que continuaram a acompanhar os trabalhos após a apresentação das dívidas da prefeitura por Caio Matheus e o secretário de Administração e Finanças Roberto Cassiano Guedes, nos primeiros minutos de sessão.

A Câmara de Bertioga está instalada na rua Reverendo Augusto Paes D´Ávila, 374, no bairro Rio da Praia. As sessões são realizadas às terças-feiras, a partir das 18 horas.

Bertioga MayumiKitamura

Foto: JCN

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!