GRANDE QUANTIDADE

Passageiros em aeroportos paulistas aumentam triplo da média nacional

No total, 30,9 milhões de passageiros desembarcaram em terminais de SP

Bruno Bocchini/Agência Brasil
Publicado em 03/02/2020, às 17h48 - Atualizado em 24/08/2020, às 07h02

FacebookTwitterWhatsApp
Marcelo Camargo/Agência Brasil
Marcelo Camargo/Agência Brasil

A quantidade de passageiros de voos domésticos que desembarcaram nos aeroportos paulistas em 2019 chegou a 30,9 milhões, resultado 5,4% superior ao ano anterior. O aumento registrado em São Paulo foi três vezes maior do que o verificado na média nacional: considerando todos aeroportos do país, o número de passageiros que desembarcaram em 2019 foi de 97,1 milhões, quantidade 1,8% superior ao registrado em 2018. Os dados são da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Segundo o secretário de Turismo do estado de São Paulo, Vinicius Lummertz, o resultado foi motivado pelo programa SP pra todos, que reduziu, em 2019, o ICMS sobre o querosene de aviação. A alíquota foi reduzida de 25% para 12% sobre o combustível.

“Os números comprovam o impacto da abertura de quase 700 novas frequências [aéreas] semanais, dentro do programa SP pra todos, do governo paulista. Se contabilizarmos somente o segundo semestre, quando o programa começou, o crescimento em 2019 é ainda maior: 10,9% em comparação com 2018”, destacou o secretário.

Os aeroportos de São Paulo que receberam mais passageiros foram os de Guarulhos (Cumbica), São Paulo (Congonhas), Campinas (Viracopos) e o de Ribeirão Preto (Leite Lopes). Considerando apenas os aeroportos que receberam novos voos, os destaques ficam por conta de Araraquara, Presidente Prudente, e Araçatuba.

“As companhias aéreas estão melhorando a oferta. Temos a expectativa de que três outros aeroportos passem a receber voos regulares e as taxas de ocupação dos aviões, com o aquecimento econômico, deverão subir sensivelmente”, disse o secretário.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!