FAMA INJUSTA

Morcego: o mamífero que voa e suga flores

Morcego, polinizador incomum desperta medo e curiosidade por onde passa

10/05/2022 às 10:33.
Atualizado em 10/05/2022 às 11:05
Morcegos não são cegos, porém se localizam e voam no escuro graças à ecolocalização (Getty Images)

Morcegos não são cegos, porém se localizam e voam no escuro graças à ecolocalização (Getty Images)

Morcegos estão presentes há décadas no imaginário coletivo das histórias e notícias envolvendo os seres da noite. Estes complexos animais fazem parte de nossas vidas participando ativamente do processo de polinização das flores, porém também estão presentes nos casos de contaminação de animais por raiva que ocorrem em todo o país. Saiba mais sobre o mamífero voador que desperta a curiosidade por onde passa.

Por pertencerem ao grupo dos mamíferos, os morcegos possuem, entre outras características, a presença de pelos corporais e mamas, o que os deixa mais próximos de nós seres humanos do que das aves como um todo. Este grupo está presente em quase todo o mundo e possui alta diversidade de espécies, que vão desde a espécie bumblebee bat, ou morcego-abelha, que chega a 3 centímetros de comprimento e a espécie Pteropus vampyrus ou raposa-voadora que pode chegar a 2 metros de envergadura.

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

O morcego está presente em quase todo o mundo e seu tamanho pode variar de 3 centímetros de comprimento a 2 metros de envergadura (Getty Images/iStockphoto)

O que atrai um morcego?

Morcegos podem ser encontrados em diversos locais, porém a ausência de luz e grandes áreas protegidas facilitam sua morada, os animais estão mais expostos durante o dia, quando descansam e são ativos durante a noite e, para muitas espécies, poucos locais para se abrigarem como troncos de árvores grandes e cavernas podem fazer diferença. Quando as noites começam os morcegos se alimentam e se reproduzem. Eles podem ser facilmente encontrados em florestas, áreas agrícolas e urbanas, chegando até mesmo a acharem morada no interior de casas em porões, caixas e buracos em madeiras.

Qual a doença que o morcego transmite?

Morcegos, como outros animais silvestres, podem transmitir doenças. Os animais podem acabar por se alimentarem do sangue de diversos grupos de bovinos, eqüinos e animais domésticos e deixar mais propício o contágio e a disseminação da raiva. Além disso, a raiva pode ser transmitida para os seres humanos com o contato entre morcegos que estejam com a doença. Apesar de raros, ataques também podem acontecer e caso a raiva não seja tratada pode levar à morte.

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

É verdade que morcego morde?

Como dificilmente morcegos serão encontrados se alimentando de seres humanos eles também não serão vistos atacando pessoas. Porém, caso ocorra a mordida é necessário o atendimento médico para vacinação e possíveis medicações além do acompanhamento correto do acidentado. A raiva pode ser transmitida e os sintomas podem começar a surgir após cerca de 30 dias, o que precisa estar ligada ao ocorrido.

O que fazer quando um morcego entra no quarto?

Caso um morcego entre na residência o ideal é abrir portas e janelas e caso o animal não saia espontaneamente que seja acionado o órgão ambiental do município responsável pelo apoio com a fauna silvestre nos perímetros urbanos. O morcego pode se assustar e acidentes podem ocorrer caso cuidados não sejam tomados. A zoonoses ainda alerta que não devem ser manipulados animais silvestres em situação alguma.

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Apesar de despertarem medo em muitas pessoas por causa de histórias envolvendo sangue e ataques, das 180 espécies de morcegos encontradas no Brasil apenas três delas se alimentam de sangue sendo apenas a espécie Desmodus rotundus a única que parece tolerar sangue humano e ainda tem grande preferência por aves e outros mamíferos.

Os morcegos são protegidos pelo Ibama e realizam funções importantíssimas para a natureza como, por exemplo, a troca de pólen entre flores (Hari K Patibanda)

Porque os morcegos não gostam da luz?

Diferente do que muitos pensam, os morcegos não são cegos, esses animais enxergam, porém se localizam e voam no escuro graças à ecolocalização. O som cria ondas sonoras que são identificadas por estes animais, eles enviam sinais para objetos a fim de entenderem a distância e o tamanho dos mesmos.

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Porque não pode matar morcego?

Não devemos matar morcegos pois diversas espécies estão ameaçadas de extinção e são animais protegidos pelo Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis). Além disso, a imensa maioria dos morcegos que existem no mundo se alimentam de frutas, insetos ou de néctar. Esses animais acabam realizando funções importantíssimas para a natureza como, por exemplo, a troca de pólen entre flores já que estas não podem andar para se reproduzirem, além de ajudarem no plantio disseminando sementes com as fezes.

Qual é o predador natural do morcego?

Na natureza, os principais predadores de morcegos são as aves de rapina como gaviões e corujas. Além disso, morcegos carnívoros e a ave anu-branco, pode se alimentar principalmente de filhotes e juvenis. Já nas cidades os predadores mais vorazes e eficazes na eliminação de suas presas são os gatos domésticos que conseguem caçar e se alimentar de diversas espécies. Sendo importante a participação ativa de seus proprietários no cuidado com a fauna silvestre como um todo.

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Morcegos além de importantes para o meio ambiente são essenciais para a existência de diversas frutas que consumimos. Investir em mais pesquisas sobre esses animais e zelar pela existência e permanência de grandes áreas protegidas pode ajudar na conservação da biodiversidade do Brasil e do mundo.

O Portal Costa Norte é um dos veículos de comunicação do Sistema Costa Norte de Comunicação, empresa que atua no litoral paulista há mais de trinta anos levando informação a toda a população com seriedade e imparcialidade.

Sistema Costa Norte de Comunicação© Copyright 2022Todos os direitos reservados ao Sistema Costa Norte de Comunicação.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por