RESGATE ANIMAL

Ave marinha da espécie bobo-pequeno é resgatada em praia do Litoral Norte de SP

Ave é conhecida por realizar jornadas de migração de até 20 mil quilômetros

Da redação
Publicado em 26/10/2022, às 13h57 - Atualizado às 14h13

FacebookTwitterWhatsApp
Ave foi encontrada debilitada na Praia Grande, em Ubatuba Ave marinha da espécie bobo-pequeno é resgatada em praia do Litoral Norte de SP Ave marinha da espécie bobo-pequeno no centro de reabilitação do Instituto Argonauta - Reprodução/Instituto Argonauta
Ave foi encontrada debilitada na Praia Grande, em Ubatuba Ave marinha da espécie bobo-pequeno é resgatada em praia do Litoral Norte de SP Ave marinha da espécie bobo-pequeno no centro de reabilitação do Instituto Argonauta - Reprodução/Instituto Argonauta

No último dia 21 de outubro uma equipe do Centro de Reabilitação e Despetrolização (CRD) do Instituto Argonauta foi acionada pelo Corpo de Bombeiros para realizar o resgate de uma ave marinha debilitada na Praia Grande, em Ubatuba, Litoral Norte de São Paulo. 

A ave foi identificada como sendo da espécie bobo-pequeno (Puffinus puffinus). Ela, a princípio, apresentava lesões nas patas. O animal foi levado para o CRD e está sendo atendido pela equipe de veterinários do instituto para um diagnóstico mais completo.

Segundo o Argonauta, essa espécie não passa dos 38 cm de comprimento, e chama a atenção por realizar longas jornadas para a migração. Pode viajar até 20 mil quilômetros, por isso é comum chegar debilitada à nossa costa. É uma ave considerada pouco preocupante com relação à extinção da espécie pela Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas, da IUCN (sigla em inglês).

Gosta dos bichinhos? A gente também. Saiba mais sobre as espécies na nossa seção Mundo Animal

Argonauta

O Instituto Argonauta atua, desde 1998, em parceria com o Aquário de Ubatuba no resgate e reabilitação de fauna marinha, e também é uma das instituições executoras do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS).

O instituto monitora o Trecho 10, compreendido entre São Sebastião e Ubatuba.

Caso encontre uma ave marinha como essa na praia, nesse trecho, o Argonauta instrui para que a abrigue em uma caixa de papelão e isole a área para manter o animal afastado de curiosos, cachorros e urubus. Em seguida, entre em contato pelos telefones 0800-642-3341 ou (12) 99785-3615.

*Com informações de Instituto Argonauta

Leia também: Gaivotas com suspeita de intoxicação alimentar são resgatadas no litoral sul de SP

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!