Você sabia que é possível pedir redução ou isenção da taxa de inscrição da Fuvest?

Costa Norte
Publicado em 18/07/2017, às 13h49 - Atualizado em 23/08/2020, às 16h03

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte
Benefício garante acesso de candidatos de baixa renda ao vestibular da USP. Redução ou isenção podem ser solicitadas até o dia 7 de agosto

Quer estudar na USP mas não tem como pagar a taxa de inscrição no vestibular? Na Fuvest, é possível pedir redução de 50% ou até mesmo isenção dessa taxa. Mas é preciso correr: você só tem até 7 de agosto para solicitar um dos benefícios.

As inscrições para o vestibular começam dia 21 de agosto, quando será divulgado o valor da taxa, que, no ano passado, foi de R$ 160. Para obter a isenção, é preciso que a renda da sua família não ultrapasse R$ 1.405,50 por pessoa. Já no caso da redução de 50% da taxa, esse valor deve variar de R$ 1.406,00 até o máximo de R$ 2.811,00 por pessoa.

Também é possível solicitar a redução de 50% da taxa se sua renda individual for, no máximo, de R$ 1.873,99, ou você estiver desempregado. Nesse caso, é preciso estar regularmente matriculado no ensino médio, curso pré-vestibular ou ensino superior em 2017 ( Lei Estadual 12.782 ).

Os pedidos de benefícios devem ser realizados no  site da Fuvest , onde você precisa se cadastrar na área “usuários”, com seu CPF, e escolher uma das modalidades: isenção ou redução da taxa de inscrição. Em seguida, o candidato deve preencher e imprimir o formulário disponível e enviar pelos correios à Fuvest, junto com cópias simples dos documentos pessoais e comprovantes da situação socioeconômica ( veja o edital completo ). Os resultados serão disponibilizados no site até 18 de agosto. É importante lembrar que os contemplados não são automaticamente inscritos no vestibular, sendo necessário, de 21 de agosto a 11 de setembro, entrar novamente no site e fazer a inscrição no processo seletivo.

Dois caminhos - A Fuvest é a principal porta de entrada para a USP, mas também é possível ingressar na Universidade pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu). A partir de 2018, por exemplo, todos os cursos do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC), em São Carlos, oferecerão vagas pelos dois processos. Até o ano passado, só era possível entrar em Engenharia de Computação pela Fuvest, curso que é oferecido em parceria com a Escola de Engenharia de São Carlos (EESC).

Outra carreira do ICMC que terá alterações no próximo vestibular é o Bacharelado em Sistemas de Informação, que passa a oferecer 50 vagas em vez de 40.

Quanto custa estudar na USP - Vale lembrar que a USP é uma universidade gratuita e até quem não tem recursos financeiros para estudar pode ter acesso a diversas formas de auxílio para se manter durante a graduação. É possível, por exemplo, adquirir uma vaga na moradia estudantil ou auxílio moradia, apoio transporte, apoio alimentação ou apoio livros. Essas oportunidades estão detalhadas no vídeo   e no  , criados pelo ICMC.

Foto: Marcos Santos/Imagens USP

Leia mais:  Prazo para entrega de documentação do ProUni encerra hoje

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!