Tartaruga resgatada em julho pelo Gremar ganha nome

Costa Norte
Publicado em 07/04/2017, às 12h36 - Atualizado em 23/08/2020, às 15h55

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte
Alunos da rede municipal de Guarujá escolheram Mel como o nome da tartaruga resgatada em Mongaguá que se encontra em reabilitação

O filhote de tartaruga resgatado em julho no município de Mongaguá ganhará um nome. Alunos da rede municipal de ensino de Guarujá abatizarão com o nome de Mel nesta segunda-feira, 10, no Instituto Gremar. A escolha partiu de um concurso entre cinco escolas da cidade.

O animal, da espécie Carettacaretta, continua em reabilitação no Instituto Gremar, em Guarujá. Ele será “batizado” às 10 horas, no Centro de Recepção e Triagem de Animais Marinhos da entidade, com a presença dos alunos que participaram do concurso para a escolha do nome. A programação contará também com uma atividade de dança circular com os alunos e palestra sobre educação ambiental.

A tartaruga foi resgatada pelo Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP/BS) e apresentava dificuldades respiratórias. No Gremar para reabilitação, após oito meses seu quadro é estável, com boa resposta ao tratamento clínico realizado no local.

A expectativa do instituto é que ela possa retornar ao seu habitat ainda no mês de abril, junto com outro animal marinho da mesma espécie, já adulto – a tartaruga Pérola, cujo caso repercutiu mundialmente após a divulgação do vídeo da retirada de um petrecho de pesca alojado em sua boca.

Concurso

O concurso para a escolha do nome teve como objetivo promover a conscientização e educação ambiental, por isso, as Secretarias de Meio Ambiente e de Educação de Guarujá, com o Gremar, envolveram alunos das Escolas Municipais Prof. Herbert Henry Dow, Prof. Mario Cerqueira Leite Filho, Prof. Sérgio Pereira Rodrigues, Prof. BenedictaBlac Gonzalez e Prof. Vereador Ary da Silva Souza na escolha do nome da tartaruga.  Em formato de gincana, os estudantes tiveram acesso a um breve histórico do animal e foram alertados sobre como o descarte indevido do lixo nos rios e praias pode afetar a vida dos seres marinhos. Em seguida foram estimulados a elaborar poemas, desenhos e cartazes para a votação.

Ao final, cada escola apresentou um nome para a comissão organizadora, formada por integrantes das secretarias e do Gremar. A sugestão vencedora, Mel, veio dos alunos da 3ª série da Escola Municipal Professor Vereador Ary da Silva Souza.

Foto: Divulgação

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!