Suspeito de matar sobrinha-neta de Sarney é preso

Costa Norte
Publicado em 15/11/2016, às 12h05 - Atualizado em 23/08/2020, às 15h38

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte

Foto: Reprodução/Internet

O principal suspeito de matar a sobrinha-neta do ex-presidente da República e senador José Sarney (PMDB), o empresário Lucas Leite Porto, cunhado da vítima, foi preso na segunda-feira, 14, em São Luís, no Maranhão. Mariana Menezes de Araújo Costa Pinto, 33, foi encontrada morta no último domingo, 13, em seu apartamento, no Maranhão. O corpo, de acordo com a polícia, foi encontrado pelas filhas de Mariana, duas crianças de 11 e nove anos.

O cunhado da vítima teria levado Mariana e as duas filhas para casa depois de um culto. De acordo com a assessoria da Polícia Civil do Maranhão, as câmeras de segurança mostram o suspeito no hall de entrada depois de ter saído do apartamento da vítima. Ele faz uma ligação e, mais tarde, aparece no mesmo local, com outras roupas.

A vítima foi encontrada com sinais de asfixia. Segundo o laudo, ela morreu asfixiada por um travesseiro, depois de ter sido estrangulada. De acordo com a polícia, Lucas Leite Porto tinha marcas de arranhões pelo corpo e no rosto.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!