SP aumentará produção de pescado após cessão de áreas pela União

Costa Norte
Publicado em 04/10/2013, às 14h35 - Atualizado em 23/08/2020, às 14h08

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte
Governador Alckmin e ministro Crivella entregam certificados de cessão de uso de águas da União à aquicultores do estado

O governador Geraldo Alckmin participou, na segunda-feira (30), no Palácio dos Bandeirantes, capital, da cerimônia de cessão de uso das áreas em parques aquícolas do estado, em um total de aproximadamente 70 hectares, pelo governo federal. O evento contou com a presença do ministro da Pesca e Aquicultura Marcelo Crivella, da secretária nacional de Planejamento e Ordenamento da Aquicultura Maria Fernanda Nince, e da secretária de estado da Agricultura Mônika Bergamaschi. "Essa ação tem importância social e econômica porque contribui para a geração de renda e emprego. Também contribui para agregar valor e saúde”, ressaltou Alckmin. Com a cessão de uso de águas da União à aquicultores do estado, mais de 17 mil toneladas de pescado serão produzidas por ano em São Paulo. As áreas cedidas por meio de licitação estão localizadas nos reservatórios das usinas hidrelétricas de Ilha Solteira, Jaguará e Capivara, como também na Enseada de Búzios, em Ubatuba. “Hoje, nós temos uma produção de menos de 20 mil toneladas/ano e podemos chegar a 200 mil ao ano”, informou o governador.

Durante 20 anos Os aquicultores que recebem o certificado de cessão das áreas aquícolas terão o direito de uso das águas da União por 20 anos. E, dentro de seis meses, eles deverão ter concluído o sistema de sinalização náutica da área cedida para o início da criação de peixes das espécies tilápia, pintado e bijupirá.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!