SP-55 deve ter trechos municipalizados

Costa Norte
Publicado em 24/02/2017, às 08h27 - Atualizado em 23/08/2020, às 15h50

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte
Governador defendeu municipalização, principalmente, em decorrência do grande trecho urbano da via em São Sebastião e Caraguá

O governador de São Paulo Geraldo Alckmin sinalizou, em evento realizado na rodovia dos Tamoios, na semana passada, que é possível que ocorra a municipalização de trecho da rodovia SP-55 (Rio-Santos), que liga o trevo de chegada a Caraguatatuba (altura do supermercado Silva Indaiá) até a saída do centro de São Sebastião.

Ele foi cobrado no evento por causa da falta de manutenção de toda a rodovia (quantidade de buracos, corte de mato e sinalização precária).

Em coletiva à imprensa logo após a inauguração da iluminação do trecho de Serra da Tamoios, na noite de segunda-feira, 20, o governador disse: “Se falta manutenção, vamos cobrar a Secretaria Estadual de Logística e Transportes. Não tenho nenhuma objeção se a prefeitura quer municipalizar, até porque, a rodovia tem trechos que ficaram estritamente urbanos, perderam a característica de rodovia e viraram uma avenida”.

Presente ao evento, Felipe Augusto, prefeito de São Sebastião, celebrou o aceno do governo, e informou que oficializará o pedido de municipalização ainda esta semana.

O prefeito de Caraguatatuba Aguilar Júnior também ficou satisfeito e divulgou que se reuniu com técnicos do DER para apresentar os problemas e reclamações dos usuários sobre a rodovia.

Outro pedido feito pela administração de Caraguatatuba foi a melhoria do acesso ao bairro do Poiares, por causa do gargalo formado no trevo de acesso. Aguilar Jr. vai encaminhar todas as demandas relacionadas ao trecho de Caraguatatuba da SP-55, inclusive o pedido de municipalização, ao secretário de Estado de Logística e Transportes Alberto José Macedo Filho.

Região

Da redação

Foto: Divulgação

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!