Semana do diabetes tem programação especial em Bertioga

Estela Craveiro
Publicado em 24/11/2017, às 11h09 - Atualizado em 23/08/2020, às 16h15

FacebookTwitterWhatsApp
Estela Craveiro
Estela Craveiro
Testes de glicemia, aferição de pressão arterial, avaliação de pé diabético e orientação nutricional serão oferecidos nas UBSs e no Ceme

Começam no sábado, 25, no Centro de Especialidades Médicas (Ceme), as atividades da Semana do Diabetes. Entre os dias 27 de novembro, segunda-feira, e 1º de dezembro, sexta, serão realizadas ações em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs). Entre as atividades estão ações de conscientização sobre o diabetes, testes de glicemia capilar, aferição de pressão arterial, avaliação de pé diabético e orientação nutricional com um profissional especializado.

A diretora de Saúde, Simone Papaiz,explicda que “essas doenças estão ligadas a problemas circulatórios, que são uma grande causa de internação e morte”. Mas podem ser controladas com tratamento adequado. O objetivo é levar informações e ampliar a assistência aos pacientes diabéticos e hipertensos da cidade. A ação faz parte do Hiperdia, Sistema de Cadastramento e Acompanhamento de Hipertensos e Diabéticos, do Ministério da Saúde.

Confira o calendário de ações nas Unidades Básicas de Saúde:

25/11 – Ceme, Unidade de Ortopedia (Praça Vicente Molinari, s/n, Centro), das 9 às 15 horas

27/11 – UBS Vista Linda (Rua José Carlos Pace, s/nº, Vista Linda), das 9 às 12 horas

28/11 – UBF Vicente de Carvalho (Rua Epiphânio Baptista, 637, Jardim Vicente de Carvalho), das 9 às 12 horas

29/11 – UBS Indaiá (Rua São Francisco do Sul, s/nº, Indaiá), das 9 às 12 horas

30/11 – USF Boracéia (Rua Mário Schemberg, s/nº, Boracéia), das 13 às 16 horas

01/12 – UBS Maitinga (Rua Alberto Augusto de Andrade, antiga Rua 14, s/nº, Maitinga), das 9 às 12 horas

Diabetes

O diabetes é uma doença crônica metabólica caracterizada pelo aumento da glicose no sangue. O distúrbio acontece porque o pâncreas não é capaz de produzir a insulina em quantidade suficiente para suprir as necessidades do organismo. A insulina promove a redução da glicemia ao permitir que o açúcar que está presente no sangue possa penetrar as células, para ser utilizado como fonte de energia. Se não tratado, o diabetes sobre causar insuficiência renal, amputação de membros, cegueira, doenças cardiovasculares, como acidente vascular cerebral (AVC), popularmente conhecido como derrame, e enfarte.

Hipertensão

A pressão alta, como é conhecida, é uma doença crônica  determinada pelos níveis elevados da pressão sanguínea nas artérias. Ela faz com que o coração tenha que exercer um esforço maior do que o normal para fazer com que o sangue seja distribuído corretamente no corpo. A doença é um dos principais fatores de risco para a ocorrência do acidente vascular cerebral, enfarte, aneurisma arterial e insuficiência renal e cardíaca.

foto: Diego Bachiéga/PMB

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!