Satélite desenvolvido por alunos de Ubatuba é lançado no Japão

Costa Norte
Publicado em 09/12/2016, às 15h12 - Atualizado em 23/08/2020, às 15h42

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte

Foto: Reprodução TV

Ubatuba

Um satélite desenvolvido por alunos do ensino fundamental de Ubatuba, o UbatubaSat, foi lançado nesta sexta-feira, 9, do Centro Espacial Tanegashima, no Japão, para a Estação Espacial Internacional (ISS).

A primeira etapa do lançamento foi transmitida ao vivo pela Jaxa, agência espacial do Japão. A expectativa é que o satélite seja relançado ao espaço no dia 19 próximo e, a partir do dia 21, já esteja em órbita.

Este pode ser o primeiro satélite totalmente desenvolvido no Brasil a funcionar em órbita, de onde poderá registrar a distância de sondas espaciais, detectar a formação de bolhas no espaço e também fazer contato com radioamadores e transmitir mensagens que foram gravadas por estudantes.

O projeto foi idealizado pelo professor de física Cândido Osvaldo de Moura, no início de 2010, quando descobriu que uma empresa norte-americana desenvolvia um veículo lançador e vendia os kits de montagem de pequenos satélites que pudessem ser lançados pela empresa. Na ocasião, o então professor de matemática teve a ideia de levar o desafio para a sala de aula, na escola municipal Presidente Tancredo de Almeida Neves (ETEC). Os alunos estavam na quinta série e tinham em média dez anos.

O satélite levou três anos para ficar pronto. A construção foi conduzida por seis alunos, mas desde 2010 cerca de 400 estudantes já passaram pelo projeto, que engloba outras atividades de desenvolvimento científico.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!