REVITALIZAÇÃO

Salas de velórios em Santos estão com 75% de obras executadas

Espaço contará com quatro espaços com climatização e acessibilidade

Da Redação
Publicado em 08/08/2020, às 08h04 - Atualizado em 24/08/2020, às 00h39

FacebookTwitterWhatsApp
Divulgação/Prefeitura de Santos
Divulgação/Prefeitura de Santos

A revitalização das salas de velório do Cemitério Areia Branca, em Santos, atingiu 75% do total das obras. Após finalizado, o espaço contará com quatro espaços com climatização e acessibilidade, proporcionando mais conforto e segurança às famílias que se despedem de seus entes queridos. Este é o único cemitério municipal que possui espaço para velórios.

Participe dos nossos grupos ℹ bit.ly/GRUPOCNGUARUJA 🕵‍♂Informe-se, denuncie!

A estimativa é de que, na primeira quinzena de setembro, o local esteja apto à utilização. Dependerá, entretanto, de liberação da atividade dentro dos critérios de reabertura e flexibilização adotados como medida de combate ao novo coronavírus. Atualmente, os cemitérios estão fechados, podendo ser frequentados apenas por familiares que acompanham sepultamentos, com restrições (ver abaixo).

O local, que contava com duas salas, foi revitalizado e ganhou portas de vidro. As duas novas salas de velório foram planejadas em um espaço ao lado das já existentes, onde funcionavam arquivos. A capacidade, para cada uma, é de cerca de 25 pessoas.

As quatro foram ligadas por um corredor com banheiros acessíveis. O revestimento é em porcelanato, inclusive em parte das paredes. Já estão executados ainda o assentamento do piso tátil, a recuperação das rampas de acessibilidade com novos corrimãos em inox e troca de vitrôs por janelas e blocos de vidro para ampliar a iluminação.

Pintura em cores claras, troca de paramentos (suportes para os caixões), novo mobiliário e materiais decorativos também foram planejados para proporcionar maior conforto e acolhimento aos familiares, durante o momento da despedida.

Trabalho de paisagismo e novos bebedouros completarão os trabalhos. Cada sala contará, ainda, com ventiladores e condicionadores de ar com aparelhos de 24 mil BTU de potência.

SERVIÇO 

Para solicitar o serviço, após liberação, os interessados devem verificar disponibilidade junto a uma das permissionárias, como explica o coordenador dos cemitérios, Bento da Silva Filho. “A família deverá, junto à permissionária contratada para realizar o serviço funerário, comunicar o desejo de realização do velório na sala municipal e agendar na Central de Atendimento ao Público dos Cemitérios mediante a disponibilidade das salas e horário para sepultamento”.

O atendimento das salas de velório será de segunda adomingo, comhorários de sepultamentos pré-definidos pelas permissionárias, sendo o último às 10h30 (manhã) e 15h30 (tarde).

Inaugurado em 1953, o Cemitério da Areia Branca está localizado entre as ruas Tomoichi Kobuchi, Remo Petrarchi, Olga Deon Coury Athiê e Avenida Nossa Senhora de Fátima, na Zona Noroeste. Tem cerca de 48 mil metros quadrados e é o que realiza o maior número de sepultamentos. Além disso, é o único na cidade que faz enterro de pessoas sem identificação.

RESTRIÇÕES

Durante a pandemia, os sepultamentos podem ser acompanhados por até dez pessoas. Porém, quando há confirmação de covid-19, os caixões já chegam do serviço funerário lacrados e são manuseados exclusivamente por profissionais munidos de EPIs reforçados.

CEMITÉRIOS: A central de atendimento funciona de segunda a domingo das 7h às 11h e das 13h às 17h

Areia Branca – 3203-2906 / 3299-2435- Av. Nossa Senhora de Fátima s/nº, Areia Branca

Cemitério da Filosofia – 3296-1510/ 3296-3447 - Praça Rui Lugo Viña s/nº, Saboó

Cemitério do Paquetá – 3232-1350/ 3223-8677 – R. Dr. Cóchrane s/nº, Paquetá

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!