MUITA ÁGUA

Prefeitura de Ilhabela interdita partes da Cachoeira do Paquetá, no Bexiga

Nos próximos dias, a administração municipal deve promover novas intervenções; a captação de água da cachoeira não sofrerá alterações

Da Redação
Publicado em 26/02/2018, às 13h59 - Atualizado em 23/08/2020, às 16h31

FacebookTwitterWhatsApp
Pontos mais elevados da Cachoeira do Paquetá tem cerca de 50 metros de altura - Divulgação/PMI
Pontos mais elevados da Cachoeira do Paquetá tem cerca de 50 metros de altura - Divulgação/PMI

No sábado, 24, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e do Turismo e a Defesa Civil interditaram dois pontos específicos da Cachoeira do Paquetá, conhecidos como secret points, no Bexiga. A medida visa proporcionar mais segurança frequentadores, e foi motivada pelos últimos acidentes registrados na cachoeira e na trilha de acesso.

Os riscos decorrem da forte vazão de água devido à grande quantidade de chuvas recentes e da instabilidade da superfície das pedras, que podem estar escorregadias. Há partes da cachoeira que não estão interditadas. Equipes da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros instalaram placas informativas e sinalização.

O secretário de Desenvolvimento Econômico e do Turismo, Ricardo Fazzini, explica que a pasta prepara medidas para evitar desastres: “Um plano de ação está sendo montado para que a cachoeira seja frequentada sem riscos. O ponto mais elevado tem cerca de 50m de altura e estava recebendo a visita de dezenas de pessoas diariamente. Nos próximos dias, a administração deve promover novas intervenções”. A captação de água da cachoeira não sofrerá alterações.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!