Polícia reforça segurança no litoral com a Operação Verão

Costa Norte
Publicado em 30/12/2013, às 13h45 - Atualizado em 24/08/2020, às 01h26

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte
Quase três mil militares foram enviados às cidades do litoral paulista

Para evitar afogamentos, GBMar tem reforço de 91 bombeiros e 780 guarda-vidas temporários

Botes, carretas, motores de popa, motos aquáticas e quadriciclos completam a segurança

Durante visita à Baixada Santista, sábado passado (21), o governador Geraldo Alckmin lançou oficialmente, em Cubatão, a Operação Verão 2013/2014. Para aumentar a segurança nas férias de verão, as cidades do litoral de São Paulo receberam reforço de 3.242 policiais civis e militares desde quinta-feira (26). A operação vai prosseguir até 2 de fevereiro.

Na ocasião, Alckmin inaugurou também a primeira alça de acesso do trevo de Cubatão. Desta maneira, a interligação entre as rodovias Anchieta, Imigrantes, Cônego Domênico Rangoni (antiga Piaçaguera-Guarujá) e Padre Manoel da Nóbrega fica mais fácil e rápida.

Além de garantir a segurança de moradores e turistas que visitam a região, a ação prevê reforço policial nos terminais de passageiros e demais locais nos quais a circulação de pessoas aumenta durante o período. "Já estamos com um número grande de policiais desde o dia 12 aqui na Baixada. Então (a partir do dia 26), teremos este reforço grande na região durante as festas de final de ano, durante todo o mês de janeiro, até o início de fevereiro", destacou o governador.

Militar

São 2.292 policiais militares enviados às 15 cidades do litoral norte e sul: Caraguatatuba, Ubatuba, São Sebastião, Ilhabela, Iguape, Ilha Comprida, Cananeia, Santos, Guarujá, Bertioga, Mongaguá, Itanhaém, Peruíbe, São Vicente e Praia Grande.

O policiamento ainda será reforçado por 534 PMs de unidades especializadas - Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota), Comando de Operações Especiais (COE), Polícia Rodoviária e Grupamento de Radiopatrulha Aérea (GRPAe).

A proteção de banhistas também está incluída na Operação Verão. Para prevenir acidentes nas praias e evitar afogamentos, o Grupamento de Bombeiros Marítimo (GBMar) conta com reforço de 91 bombeiros e 780 guarda-vidas temporários.

A região também conta com o apoio de 165 viaturas a mais e três helicópteros para salvamento e resgate, enviados à região no período.

Civil e Científica

A Polícia Civil teve reforçado o trabalho nas delegacias com o envio de 325 policiais à região. Além do reforço e remanejamento, a Polícia Civil vai suspender férias e licenças-prêmio, e destinar viaturas de unidades especializadas à região, como do Grupo de Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (Garra) e das delegacias de Investigações Gerais (DIG) e sobre Entorpecentes (Dise).

As unidades da Polícia Técnico-Científica - Instituto de Criminalística (IC) e Instituto Médico Legal (IML) - também preveem intensificar o quadro de funcionários conforme necessidade.

Investimento

Além do reforço no efetivo estão sendo entregues 201 novas viaturas - entre motocicletas, quadriciclos e carros - para a região. São 104 para o Vale do Paraíba e litoral norte, e 97 para a Baixada Santista e Vale do Ribeira. O investimento total foi de R$ 648.400.

Elas serão usadas em programas de policiamento da PM, como Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (Rocam), Ronda Escolar, Força Tática e Radiopatrulha. Parte das viaturas já está em uso.

Unidades do Corpo de Bombeiros das cidades receberão, ainda, 40 botes infláveis, 41 carretas rodoviárias, 43 motores de popa, 15 unidades de resgate e salvamento aquático, 45 motos aquáticas e 20 quadriciclos, a um custo de cerca de R$ 5 milhões.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!