Pirataria além da web

Costa Norte
Publicado em 17/08/2016, às 12h29 - Atualizado em 23/08/2020, às 15h24

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte

*Foto: divulgação internet

Quando você ouve falar de Piratas, o que te lembra? Logo vem uma imagem dos piratas de filmes, como o Capitão Gancho do Peter Pan ou Jack Sparrow de Piratas do Caribe, certo? Mas se esqueça da perna de pau, do tapa-olho, do papagaio no ombro e da garrafa de rum. Os piratas de hoje são bem diferentes disso. São quadrilhas bem organizadas, que usam GPS e armas pesadas, para cometerem seus crimes no mar. Eles podem não ser criaturas assustadoras, como a que você pensou, mas eles causam muito medo e pavor. Os piratas modernos não são personagens de ficção e estão nos mares em busca de tesouros. Eles atacam e roubam navios de transportes e muitas vezes fazem seus passageiros reféns.

Uma lista criada pelo site americano Travel and Leisure mostra as águas mais perigosas do planeta. São os dez locais mais atacados pelos piratas modernos. Se você curte viajar pelo mundo e conhecer os mares do planeta, fique de olho na lista!

1- Litoral da Somália 

O litoral da Somália, próximo às rotas do Mar Vermelho, virou nos últimos anos o mais frequentado por piratas modernos. A bordo de navios, eles enviam grupos armados em pequenas lanchas à abordagem de veleiros e cargueiros, sequestrando os tripulantes e cobrando resgates altíssimos para liberá-los. Os piratas da Somália são conhecidos por serem cada vez mais violentos e ousados, atacando não somente o litoral do país, mas também de outros como Tanzânia, Quênia e Omã.

2- Carlsberg Ridge 

O Carlsberg Ridge é uma área entre Maldivas e as Seychelles, no oceano Índico. Como é um local de belas ilhas, é frequentado por muitos iates de luxo. Isso atrai os piratas. Eles tentam roubar a tripulação e passageiros.

 3- Litoral norte do Peru 

O Peru tem mais de 3 mil km de litoral no Oceano Pacífico, com fronteiras com o Chile e o Equador. A cidade de Callao, na periferia de Lima, possui o maior porto do país. As águas das redondezas têm piratas que assaltam cargueiros que chegam ou saem do porto de Callao e traficantes de drogas, que levam a outros países a cocaína produzida no Peru.

4- Golfo de Áden 

Situado entre a Somália e o Iêmen, entre o oceano Índico e o Mar Vermelho, o Golfo de Áden tem ataques voltados ao tráfego de carga do Canal de Suez. O local também é alvo de sequestros a tripulações de turistas. Muitas medidas de segurança procuram acalmar a violência na área, mas continua pouco recomendado navegar por estas águas.

5- Mar da Arábia 

Evite o Mar da Arábia, parte do Oceano Índico que vai de Omã até a Índia, de outubro a maio. O lugar é um dos destinos favoritos de piratas somalis, que estendem cada vez mais sua área de alcance.

6- Das Seychelles à Tanzânia 

As belezas naturais da faixa de mar das Seychelles até a Tanzânia atraem cada vez mais turistas. O local também tem uma movimentada rota marítima. Piratas modernos abordam barcos de carga ou de turismo para assaltar ou sequestrar seus tripulantes.

7- Estreito de Malaca 

O estreito de Malaca tem cerca de 800 km entre a península Malásia e a ilha Indonésia de Sumatra. O local já foi considerado o mais perigoso do mundo. Cargueiros e turistas eram atacados constantemente. O problema diminuiu bastante graças a um melhor patrulhamento das águas, mas alguns grupos de piratas continuam a atuar em algumas áreas do estreito.

8- Golfo da Guiné 

O Golfo da Guiné, no litoral atlântico da África, banha países como Nigéria, Camarões e Costa do Marfim. Nos últimos anos, a riqueza petroleira da Nigéria fez com a pirataria em seu litoral aumentasse fortemente.

9- Mar Vermelho 

O Mar Vermelho banha diversos países, como Arábia Saudita, Egito e Israel. Tradicionalmente, piratas do Mar Vermelho se concentram em áreas pouco turísticas, na parte sul e na área de Bab-el-Mandeb, um estreito entre o Iêmen e o Djibuti. Eles atacam principalmente navios cargueiros. Só em 2014 foram 20 ataques.

10- Litoral da Tanzânia 

O arquipélago de Mafia Island, no litoral da Tanzânia, oferece lugares incríveis para a prática do mergulho. Zanzibar e Ilhas Comores atraem muitos turistas. O litoral é um destino muito frequentado por barcos e cruzeiros turísticos. Em 2014, um cruzeiro com 348 passageiros foi atacado durante um jantar, mas com muita sorte todos saíram sãos e salvos

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!