Lote de extrato de tomate suspenso pela Anvisa

Costa Norte
Publicado em 20/02/2017, às 08h05 - Atualizado em 23/08/2020, às 15h50

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte
A proibição da anvisa foi determinada após análise constatar pelo de roedor e resultados insatisfatórios em testes realizados no produto

A Anvisa suspendeu o extrato de tomate da marca QUERO, produzido pela empresa Heinz Brasil S.A., por apresentar pelo de roedor e trazer resultados insatisfatórios nos testes.

Conforme anunciado pelo órgão, o laudo de análise fiscal indica que a amostra possuía matéria estranha macroscópica e microscópica.  Diz o lauto que o lote L.11 07:35 “apresentou resultado insatisfatório ao detectar matéria estranha indicativa de risco à saúde humana, pelo de roedor, acima do limite máximo de tolerância pela legislação vigente”.

O lote teve distribuição e comercialização proibida em todo território nacional, segundo publicado na edição desta segunda-feira, 20, no Diário Oficial da União. A Resolução-RE n° 454, de 17 de fevereiro de 2017, determina que a empresa Heinz Brasil S.A retire o lote do mercado em todo território nacional.

Foto: Reprodução/internet

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!