Linhas intermunicipais que circulam em Cubatão passam a se integrar com VLT

Costa Norte
Publicado em 22/09/2017, às 08h52 - Atualizado em 23/08/2020, às 16h09

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte
Usuário pagará pela tarifa maior de um dos modais, acrescido de R$ 1,00, e poderá circular por duas linhas metropolitanas e o VLT

O presidente da Câmara Rodrigo Alemão (PSDB) e os vereadores Cleber do Cavaco (PRB) e Lala (SD) reuniram-se, na quinta-feira,  21,  com representantes da gerência regional da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU), em Santos. Na pauta da discussão, a integração das linhas metropolitanas, que circulam em Cubatão, com o veículo leve sobre trilhos (VLT), que opera entre as cidades de Santos e São Vicente. Os dois modais são de responsabilidade da empresa BR Mobilidade.

Rogério Plácido das Neves, gerente regional da EMTU, explicou que a partir de agora os passageiros das linhas 938; 906; 917; 918; 919; e 936 poderão fazer a integração nas estações Bernardino de Campos, Ana Costa e Conselheiro Nébias, do VLT, utilizando o BR Card. A operação será feita da seguinte forma: o usuário pagará pela tarifa maior de um dos modais, acrescido de R$ 1,00, e poderá circular por duas linhas metropolitanas e o VLT, economizando dinheiro e com mais opções de transporte.

Esse sistema de integração foi uma das recomendações feitas pela Comissão Especial de Vereadores (CEV), criada para tratar do assunto no âmbito da Câmara. O grupo de trabalho, conduzido por Rodrigo Alemão, também quer que a EMTU estude a possibilidade de implantação do BRT em Cubatão, utilizando um corredor de ônibus, como feito em diversas cidades do Brasil, como Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

Para mais informações sobre o sistema de integração das linhas intermunicipais, consulte  www.emtu.sp.gov.br

Foto: Rafael Motta

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!