Guarujá torna público Plano de Manejo da Apa Serra do Guararu

Costa Norte
Publicado em 27/06/2017, às 09h30 - Atualizado em 23/08/2020, às 16h01

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte
Plano deve orientar o uso da área e o manejo dos recursos naturais, inclusive a implantação das estruturas para gestão do local

O prefeito de Guarujá, Válter Suman, assina nesta quinta-feira, 29, o decreto que torna público o Plano de Manejo da Área de Proteção Ambiental (APA) Serra do Guararu. A ação integra as comemorações dos 83 anos de emancipação político-administrativa da cidade, celebrados no próximo dia 30. A assinatura ocorrerá no Gabinete do chefe do Executivo – Paço Moacir dos Santos Filho, às 8 horas.

O documento, aprovado em ata em maio deste ano, foi elaborado com base em estudos que incluem diagnósticos dos meios físicos, biológicos e sociais, podendo estabelecer normas, restrições no uso e atividades a serem desenvolvidas através do manejo dos recursos naturais daquela Unidade de Conservação (UC) de uso sustentável, além de entornos e, se necessário, os corredores ecológicos e estruturas físicas, garantindo a manutenção dos processos ecológicos.

Para secretário de Meio Ambiente e presidente do Conselho Gestor da Apa Serra do Guararu, Sidney Aranha, o Plano de Manejo é um dos principais documentos produzidos até hoje sobre a cidade. Disse ele: “Depois da Agenda 21, ele é o documento mais importante da história ambiental de Guarujá”.

Os planos de Manejo são uma exigência da lei federal que trata do Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza (lei 9985/2000). Baseado nos objetivos gerais de uma Unidade de Conservação, o Plano de Manejo é o documento no qual se estabelecem o zoneamento e as normas que devem orientar o uso da área e o manejo dos recursos naturais, incluindo a implantação das estruturas físicas necessárias à gestão da Unidade.

Foto: Pedro Rezende

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!