Falso atendente furta R$ 880,00 de idoso em caixa eletrônico

Costa Norte
Publicado em 18/11/2016, às 11h21 - Atualizado em 23/08/2020, às 15h38

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte

Foto: JCN

Bertioga

Antonio Pereira

Um senhor de 65 anos perdeu R$ 880,00 oriundos da própria aposentadoria após ser ludibriado por um homem, que se passou por funcionário do Banco do Brasil, ao auxiliá-lo em um saque em caixa eletrônico no último dia 8, terça-feira, em Bertioga. A vítima registrou a contestação na própria agência e foi orientada a retornar oito dias depois para procedimentos padrões. Chegada a data um novo agendamento foi feito para a próxima terça-feira, 22. Os motivos pelo adiamento não foram informados.

Segundo a própria vítima o que lhe passou confiança foi suposto funcionário trajar o jaleco da instituição bancária e prestar orientações aos correntistas. “Ele me entregou o estrato do saldo do INSS, mas não deu o dinheiro. Após isso me orientou a ir ao Correios e ao verificar o saldo vi que estava zerado”, disse. O Boletim de Ocorrência foi registrado na delegacia local.

As imagens do circuito interno de videomonitoramento serão utilizadas pela Polícia Civil na investigação, mas o delegado Sérgio Nassur reforça a importância de o cliente ter pelo menos um contato visual com os funcionários porque o crime é de difícil solução.

“Geralmente os estelionatários atuam nas cidades onde não residem e isso dificulta a identificação por nossa parte. As filmagens fazem parte do processo de investigação, mas não são os únicos fatores levados em conta. Vamos analisar a situação e dar uma resposta o mais rápido possível”, disse Nassur.

Por meio de nota o Banco do Brasil informou ter acordo de colaboração com as forças policiais e que, clientes eventualmente lesados pela ação de golpistas precisam registrar a contestação nas próprias agências, as quais cada caso será analisado com base em critérios técnicos para ressarcimento ou não, o que não impede contestação jurídica.

Quem tiver informações complementares, que possam auxiliar nas investigações deste ou de outros casos pode comunicar a polícia anonimamente pelos telefones 181 e (13) 3317 1411.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!