EDUCAÇÃO

Estudantes do Mackenzie conhecem programa ambiental em Cubatão

Alunos visitaram o Programa de Recuperação Socioambiental da Serra do Mar no sábado, 21

Da Redação
Publicado em 24/09/2019, às 12h48 - Atualizado em 23/08/2020, às 20h19

FacebookTwitterWhatsApp
Thiego Barbosa
Thiego Barbosa

Estudantes da Universidade Mackenzie, da capital de São Paulo, realizaram no sábado, 21, visita técnica ao Programa de Recuperação Socioambiental da Serra do Mar que promoveu a conservação, o uso sustentável e a restauração ambiental do bioma Mata Atlântica.

A um custo de mais de R$ 1 bilhão, resultado de cooperação entre o governo do Estado de São Paulo e o BID – Banco Interamericano de Desenvolvimento, foi reconhecido como o maior programa de recuperação socioambiental do mundo, responsável pela retirada (e a transferência para moradias especialmente construídas) de exatas 5.800 famílias que viviam nos bairros Cotas, encravados na Mata Atlântica.

Participe dos nossos grupos ℹ http://bit.ly/CNAGORA8 🕵‍♂Informe-se, denuncie!

A visita dos estudantes foi o primeiro passo para a celebração de um convênio que será firmado entre a prefeitura de Cubatão e a Universidade Mackenzie para apoiar o Programa de Recuperação Socioambiental através de “assistência técnica”, com foco na melhoria das condições das habitações de interesse social. 

Os alunos do Mackenzie foram recebidos às 9h30 pelos técnicos da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), do governo do Estado de São Paulo, e pela secretária Municipal de Habitação, Andrea Maria de Castro, no Ateliê “Artes nas Cotas”, no Núcleo Pinheiro  do Miranda.

Depois de receberem todas as informações e as ações desenvolvidas nos últimos anos pelo Programa de Recuperação Socioambiental da Serra do Mar, o grupo – de acordo com a programação – fez o passeio monitorado pela própria comunidade ao Mirante do PrÍncipe e ao Parque Linear.

Ao meio dia, após conhecer o Núcleo de Desenvolvimento Local e Economia Solidária (Nesdel) e o Viveiro Escola, o grupo foi recepcionado  pelo Turismo de Base Comunitária – TBC,  com almoço preparado pelos moradores. No cardápio, a R$ 27,00 por pessoa, foi servido: farofa de cuscuz com taioba, caponata do mangará da banana, vinagrete da raiz do lírio do brejo, frango assado com ora pro nobis, suco de abacaxi com hortelã e sorvete de jaca com cobertura de malvavisco.

Antes do encerramento da visita técnica, às 16 horas, o grupo de estudantes do Mackenzie ainda teve a oportunidade de conhecer dois dos principais e mais belos mirantes da Serra do Mar: o da Mangueira e o do Alto.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!