Diego Bichir é homenageado em sul-americano de Va’a

mayumi
Publicado em 16/11/2017, às 09h04 - Atualizado em 23/08/2020, às 16h14

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte
Atletas fizeram um minuto de silêncio em memória a Diego, que morreu durante treino para a competição em 29 de setembro

O atleta bertioguense Diego Bichir, que morreu no mar enquanto treinava para o XVII Campeonato Sul-Americano de Va’a 2017, foi homenageado por canoístas durante a abertura da competição. Em memória, os participantes fizeram um minuto de silêncio pelo colega, que morreu por afogamento no dia 29 de setembro nas águas de Bertioga.

O sul-americano, realizado em Lima, no Peru, é considerado um dos maiores eventos náuticos da modalidade e reúne mais de 400 canoístas oriundos do Brasil, Argentina, Panamá, Chile, Rapa Nui, Venezuela, Estados Unidos, Tahiti e Peru.

O evento, que encerra no dia 18 de novembro, conta com cinco categorias: Open, Junior, Cadete, Master e Senior Master. Os atletas competem em distâncias de 3km, 6km, 12km e 24km, individualmente ou em equipes.

Nesta edição, a prova conta com a participação de sete atletas de Bertioga, a Buriquioca VA’A, que participarão em equipe mista na categoria OC6. Esta é a primeira vez que uma equipe composta somente por atletas bertiguenses participa de uma prova internacional.

Compõem a equipe os canoístas: André Batista Camilo, o Deko (Voga), Natalia Chernow (banco 2), Sara dos Santos (banco 3), Luiz Antônio Batista Simões, o Lucas (banco 4), Elaine Amorim Justo Nehme (banco 5), Edney Pinto de Campos, o China (leme e capitão) e Débora O. N. Monteiro (reserva).

Foto: Reprodução/Facebook

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!