Feriado

Dia de Finados: O que é e por que é celebrado em 2 de novembro?

Dedicar um dia do ano para rezar pelos mortos é tradição desde o século 2

Da Redação
Publicado em 22/10/2018, às 14h38 - Atualizado em 23/08/2020, às 17h43

FacebookTwitterWhatsApp
Entenda por  que é feriado em 2 de novembro - Reprodução/Internet
Entenda por que é feriado em 2 de novembro - Reprodução/Internet

Conhecido como Dia dos Mortos, o Dia de Finados é um feriado religioso comemorado em 2 de novembro com orações e homenagens aos que já se foram. Nesta data, as famílias costumam visitar as sepulturas dos entes queridos e enfeitar seus túmulos com flores, além de acenderem velas por suas almas e rezarem por eles no cemitério.

A data foi instituída no século 13 pela Igreja Católica por suceder o Dia de Todos os Santos, comemorado em 1º de novembro. Os registros históricos mostram que a tradição foi instituída pela Igreja Católica no século 10, com a ideia de que os vivos devem intervir pelas almas que esperam a purificação no purgatório.

No entanto, o costume é ainda mais antigo. Ao que tudo indica, desde o século 2, há indícios de cristãos que oravam por seus falecidos nos túmulos. Depois, a Igreja foi aderindo ao costume e no século 5 virou costume dedicar um dia do ano para rezar por todos os mortos, especialmente pelos quais não tinham família e ninguém se lembrava de pedir por suas almas.

México

No México, as pessoas também comemoram o Dia de Finados, mas de uma maneira mais festiva e colorida que a brasileira. As celebrações duram 3 dias, de 31 de outubro a 2 de novembro, e as pessoas celebram a morte com alegria, enfeitando as ruas e organizando desfiles.

A caveira mexicana (La Catrina), símbolo da festa, foi criada pelo cartunista José Guadalupe Posada, um dos responsáveis por consolidar a data no México. Nessa data também é costume ter alteres decorados dentro de casa, os mexicanos os enfeitam com flores, caveiras de papel machê, retratos das pessoas mortas e pequenas oferendas.

Quer saber o significado de mais datas? Que tal conhecer a história de Nossa Senhora Aparecida?  Clique aqui.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!