Cuidado com a saúde das crianças no verão

Costa Norte
Publicado em 14/01/2017, às 06h37 - Atualizado em 23/08/2020, às 15h46

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte

Foto: reprodução internet

As altas temperaturas do verão exigem cuidados redobrados com bebês e crianças. Os riscos de desidratação e a incidência de doenças gastrointestinais na estação demandam atenção.

Se em situações normais, um adulto perde mais de 2 litros a cada 24 horas por meio da urina, fezes, respiração e transpiração, no caso das crianças essa quantidade é ainda maior, Conforme explicou o pediatra e chefe do Departamento de Atenção Pré-Hospitalar e Hospitalar, da Secretaria de Saúde de Santos, Marco Sérgio Duarte. “No verão, isso sobe mais ainda e as crianças desidratam mais depressa. Se não é feita uma reposição adequada de líquidos, ocorre o desequilíbrio. Por isso é bom evitar ambientes fechados e com pouca ventilação”.

O conselho do médico é fazer a reposição de líquido (água) constantemente, dar preferência aos alimentos leves, cuidado com os perecíveis porque a conservação é menor e usar roupas leves, que auxiliam a perder menos líquido pela pele, medida que vale também para a hora de dormir para evitar maior transpiração.

No período de amamentação a hidratação também é palavra de ordem: “Quem amamenta exclusivamente o bebê, precisa oferecer mais vezes o leite materno e quando já faz uso de complemento, pode oferecer água também”.

Os sinais clássicos da desidratação são olhos encovados (olheiras profundas), mucosa seca, choro sem lágrima, pele emborrachada, apatia e choro fraco. Primeiras medidas: hidratar oralmente, de forma fracionada, a cada 20 minutos e procurar ajuda médica.

Outro cuidado ressaltado pelo médico é com relação a bebês na praia. Ele desaconselha que os pais levem crianças de até 1 ano a frequentarem a praia, mesmo nos horários considerados de menor risco. “A pele delas é vulnerável a qualquer inseto, areia e, além disso, podem sem querer engolir água do mar”.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!