Alerta

Covid-19 em Guarujá: Confira os casos por bairro nesta sexta-feira, 5

Ao todo, 21 bairros da cidade tiveram óbitos, segundo boletim epidemiológico da prefeitura

Da Redação
Publicado em 05/06/2020, às 09h12 - Atualizado em 24/08/2020, às 07h53

FacebookTwitterWhatsApp
Divulgação/Carlos Nogueira
Divulgação/Carlos Nogueira

A Secretaria Municipal de Saúde de Guarujá informa que o município tem 1.888 casos confirmados da covid-19 (58 internados, sendo 12 em UTI). Atualmente são 306 notificações suspeitas do novo coronavírus, investigadas e com acompanhamento da Vigilância Epidemiológica (61 internados, sendo 18 em UTI). Município tem 99 vítimas fatais até o momento, outras 1.316 notificações foram descartadas.

Participe dos nossos grupos ℹ http://bit.ly/CNAGORA6   🕵‍♂Informe-se, denuncie!

Esses são os bairros com casos de coronavírus em Guarujá:

PAECARÁ - 331;

ENSEADA - 208;

BOA ESPERANÇA - 163;

MORRINHOS - 130;

SANTO ANTONIO - 115;

SANTA CRUZ DOS NAVEGANTES - 114;

VILA ÁUREA - 95;

SANTA ROSA - 85;

VILA ZILDA - 84;

PARQUE ESTUÁRIO - 56;

JARDIM PROGRESSO - 56;

ITAPEMA - 54;

CACHOEIRA - 51;

CONCEIÇÃOZINHA - 44;

ASTÚRIAS - 41;

LAS PALMAS - 34;

PITANGUEIRAS - 34;

PEREQUÊ - 32;

MAR E CÉU - 30;

PORTO DE GUARUJÁ - 21;

PERNAMBUCO - 18;

VILA LIGYA - 15;

SANTA MARIA - 15;

CIDADE ATLÂNTICA - 12;

SITUAÇÃO DE RUA - 11;

GUAIÚBA - 7;

VIRGÍNIA - 7;

HELENA MARIA - 6;

PEDREIRA - 6;

ACAPULCO - 5;

TOMBO - 3;

PENÍNSULA - 3;

MARINAS - 1;

RETROPORTO - 1.

Na última segunda-feira, 1°, a cidade registrava 1.285 casos confirmados e 552 sob suspeita.

Você sabe o que é o coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19, após casos registrados na China. Provoca a doença chamada de coronavírus (COVID-19).

Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Principais sintomas:

Tosse;

Febre;

Coriza;

Dor de garganta;

Dificuldade para respirar.

Como é transmitido:

A transmissão acontece de uma pessoa doente para outra ou por contato próximo por meio de:

Toque do aperto de mão;

Gotículas de saliva;

Espirro;

Tosse;

Catarro.

Objetos ou superfícies contaminadas, como celulares, mesas, maçanetas, brinquedos, teclados de computador etc.

Como se proteger

Lave com frequência as mãos até a altura dos punhos, com água e sabão, ou então higienize com álcool em gel 70%.

Ao tossir ou espirrar, cubra nariz e boca com lenço ou com o braço, e não com as mãos.

Evite tocar olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.

Ao tocar, lave sempre as mãos como já indicado.

Mantenha uma distância mínima de cerca de 2 metros de qualquer pessoa tossindo ou espirrando.

Evite abraços, beijos e apertos de mãos. Adote um comportamento amigável sem contato físico, mas sempre com um sorriso no rosto.

Higienize com frequência o celular e os brinquedos das crianças.

Não compartilhe objetos de uso pessoal, como talheres, toalhas, pratos e copos.

Mantenha os ambientes limpos e bem ventilados.

Evite circulação desnecessária nas ruas, estádios, teatros, shoppings, shows, cinemas e igrejas. Se puder, fique em casa.

Se estiver doente, evite contato físico com outras pessoas, principalmente idosos e doentes crônicos, e fique em casa até melhorar.

Durma bem e tenha uma alimentação saudável.

Utilize máscaras caseiras ou artesanais feitas de tecido em situações de saída de sua residência.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!