CEP único está com os dias contados

Costa Norte
Publicado em 09/03/2017, às 06h54 - Atualizado em 23/08/2020, às 15h51

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte
Diretor regional e corpo técnico dos Correios estiveram na cidade para discutir melhorias e alinhar requisitos para que Bertioga seja codificada por logradouro

O tão conhecido 11250-000 está prestes a deixar de ser o único CEP de Bertioga. Na quarta-feira, 8, o diretor regional, acompanhado de um corpo técnico dos Correios, reuniu-se com vereadores e o prefeito para implantar melhorias no atendimento e tratou, inclusive, da implantação da codificação por logradouro.

O fator que impedia o município ter CEPs por rua era o número de habitantes – abaixo de 50 mil segundo o Censo 2010, no entanto, conforme última estimativa do IBGE, a população em 2016 era de 57.942 habitantes. Por isso, o diretor regional dos Correios São Paulo Metropolitana, Eugênio Valentim da Silva, explicou que Bertioga já se enquadra no requisito necessário para a implantação de CEP diferenciado por ruas.

Ele informou que, para a mudança, será feito um levantamento junto à prefeitura para verificar quais vias faltam ter seus nomes oficializados, por meio de decreto ou lei, para que sejam providenciados e devidamente aprovados. Feito isso, ele conta que a lista de logradouros deve ser encaminhada aos Correios para que os CEPs sejam implantados. “Dessa forma, incluiremos os nomes dos logradouros no nosso diretório nacional de endereços. Dois meses após a prefeitura enviar a lista, as ruas terão o CEP”, detalhou.

O fim do CEP único é uma bandeira levantada pelo vereador Luiz Carlos Pacífico Junior (PROS) que, recentemente, buscou apoio junto ao deputado estadual Cassio Navarro (PMDB). Juntos, eles reuniram-se com o diretor regional na capital para solicitar melhorias no atendimento na cidade, ocasião em que ele comprometeu-se a discutir pessoalmente com a Câmara e a prefeitura em busca de soluções para os problemas. Pacífico comentou: “Tenho certeza que, agora, a prefeitura fazendo a parte dela, com os Correios e Telégrafos nos abrindo as portas, vamos acabar com o CEP único e nossas ruas terão uma coisa tão simples e tão sonhada por todos - uma codificação numérica para cada rua”.

Após a reunião no Paço Municipal, o prefeito comentou que a falta de codificação postal por rua prejudica a distribuição de encomendas e cartas e deu um panorama: “Foi traçado um planejamento estratégico de ações, tanto por parte da Prefeitura, quanto por parte dos Correios, para que possamos identificar melhor os logradouros”.

De acordo com o prefeitura, o prazo para que esse processo comece a ser implantado, com os novos CEPs, deverá ser definido nas próximas reuniões com a empresa prestadora do serviço de entrega postal.

Outras solicitações Durante a reunião com os vereadores também foram tratadas outras reivindicações relacionadas aos Correios na cidade, como os problemas na entrega na região norte. Segundo informado pelo diretor regional, é necessário que o trabalho seja assumido por uma pessoa “responsável e que saiba e goste de lidar com o serviço de Correios”. Ele revelou que devido problemas com o atual responsável, parte das encomendas são retidas na agência (no Albatroz). Os trabalhos na agência localizada no Espaço Cidadão-Boracéia deverá ser realizado, conforme informou, por um indicado pela prefeitura, que será subsidiado pelos Correios.

Além disso, Eugênio comentou que o atendimento dos Correios na área central deverá ser realizada em um imóvel maior. Disse ele: “Precisamos mudar de lá urgentemente porque não está suportando mais o número de pessoas. Já existe uma proposta, e estamos negociando o valor. Se conseguirmos fechar o aluguel, mudaremos para um espaço maior. Nós temos pleno entendimento e boa vontade para resolver os problemas daqui. Os problemas da população também são problemas para os Correios e nós queremos tratar disso junto com a prefeitura e a Câmara para encontrar soluções”.

Bertioga Mayumi Kitamura

Foto:PMB

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!