Central de denúncia de tráfico de humanos em SS

Costa Norte
Publicado em 04/08/2017, às 11h34 - Atualizado em 23/08/2020, às 16h05

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte
Membro da secretaria estadual destaca, em reunião, que São Sebastião é o município que mais promove palestras nesta área

São Sebastião deverá ser a primeira cidade do estado de São Paulo a ter uma central de recepção de denúncia de tráfico de seres humanos, prostituição infantil e trabalho escravo. O assunto foi tratado na terça-feira, 1º, entre o prefeito Felipe Augusto e o Dr. Flavio Antas Corrêa, coordenador do Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, órgão vinculado à Secretaria Estadual da Justiça e Defesa da Cidadania. O coordenador esteve na cidade para palestrar em evento sobre o tema realizado no Teatro Municipal,  na quarta-feira, que contou com grande público.

Também participaram da reunião o secretário municipal de Segurança Urbana José Roberto de Lara, o comandante da GCM Edgar Celestino e a coordenadora da Coordenadoria da Mulher Andreia Rodrigues.

O prefeito e o coordenador também alinhavaram entendimentos para São Sebastião ser a sede de um comitê regional para tratar do assunto, em convênio com a Secretaria Estadual de Justiça. A parceria terá como base a ouvidoria da Guarda Civil Municipal, que irá municiar a central de denúncias para a apuração dos casos.

O coordenador disse: “Em todo o estado de São Paulo, à exceção da capital, São Sebastião é o município que mais promove palestras nesta importante área. Esse é um problema silencioso, que poucas pessoas sabem que ocorre, mas está presente e é muito preocupante, pois, envolve aliciamento de menores, prostituição, envio de pessoas que ficam escravas no Brasil e exterior, e combatê-lo de forma organizada é um sonho que tenho há anos”.

São Sebastião

Da redação

Foto: PMSS

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!