1º guia online de acessibilidade cultural é lançado

Costa Norte
Publicado em 11/05/2012, às 19h12 - Atualizado em 23/08/2020, às 13h40

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte

Está sendo lançado o 1º guia de cultura e entretenimento da cidade de São Paulo voltado à diversidade humana. Trata-se do ‘Guia Online de Acessibilidade Cultural’, elaborado pelo img (Instituto Mara Gabrilli) em parceria com a Secretaria de Estado de Cultura, com patrocínio da Sabesp. Ele traz 186 estabelecimentos ao todo, entre teatros, museus, cinemas, centros culturais, casas de espetáculos e bibliotecas que podem receber qualquer perfil de público – pessoas com problemas de locomoção, pessoas mais baixas, crianças e todos aqueles que apresentam uma estrutura física diferente da média, como o 1,5 milhão de pessoas com deficiência que vivem na cidade de São Paulo. O guia já está disponível na internet, no endereço http://acessibilidadecultural.com.br, que atende a requisitos de acessibilidade e onde também se pode fazer pesquisa filtrada por tipo de equipamento, região da cidade ou palavra-chave.

Recursos O atual secretário, Marcelo Araujo, destaca que vários dos equipamentos mantidos pelo Estado constam do guia e se destacam pelo cuidado com a acessibilidade. “A Pinacoteca, a Biblioteca de São Paulo e o Museu do Futebol, por exemplo, mantêm estrutura física acessível e investem na criação e desenvolvimento de projetos e programas educativos com recursos pedagógicos que visam criar vários níveis de acessibilidade”, afirma. A exposição ‘Sentir pra ver’, atualmente em cartaz na Pinacoteca, apresenta recursos multissensoriais como reproduções em relevo, maquetes, extratos sonoros e textos também em Braille, para garantir a percepção das obras expostas aos vários perfis de público.

Equipamentos Entre os equipamentos integram o guia: 61 bibliotecas; 03 casas de espetáculos; 37 centros culturais; 11 cinemas de rua; 44 museus e 30 teatros. Entre estes estabelecimentos, 55 são localizados no centro, 31 na zona Leste, 09 na zona Norte, 52 na Sul e 39 na Oeste. O site também terá espaço para interação dos usuários, que poderão fazer comentários, sugestões e críticas.

“Permitir que todos tenham acesso a cultura, sem distinções, é uma obrigação do poder público”, Andrea Matarazzo, Secretaria de Estado da Cultura

Estatísticas - No Brasil, segundo o Censo 2010 do IBGE, 46,5 milhões de brasileiros têm algum tipo de deficiência e, no Estado de SP são mais de 9,3 milhões.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!