Elenco do Valencia manifesta apoio ao Diakhaby após caso de racismo

Gazeta Esportiva
Publicado em 05/04/2021, às 11h16 - Atualizado às 11h16

FacebookTwitterWhatsApp
Elenco do Valencia manifesta apoio ao Diakhaby após caso de racismo - Divulgação / Internet
Elenco do Valencia manifesta apoio ao Diakhaby após caso de racismo - Divulgação / Internet

Nesta segunda-feira, o elenco do Valencia voltou a protestar contra o ato racista ocorrido no jogo contra o Cadiz. O jogador Diakhaby disse ter sofrido ofensas durante a partida, e por conta disso, decidiu deixar o gramado, acompanhado por seus companheiros de equipe.

No treino desta segunda, um dia após o ocorrido, o elenco voltou a se posicionar. Com Diakhaby na frente, todos os atletas fizeram um sinal de “pare” com as mãos. Além do time, a comissão técnica e até o presidente participaram do ato.

💬 Anil Murthy: “El @valenciacf va a ir hasta el final en apoyo de su jugador y en contra del racismo” #JuntsAnemAMUNT ! #AllToPlayFor

— Valencia CF 🦇🍊🌊 (@valenciacf) April 5, 2021

O clube também se manifestou em relação à volta dos atletas ao gramado, uma vez que o árbitro da partida indicou as possíveis punições. A instituição afirmou que a decisão de voltar foi do elenco e com indicação do próprio jogador que sofreu o ato racista, sem motivação da direção.

💬 Anil Murthy: “El @valenciacf va a ir hasta el final en apoyo de su jugador y en contra del racismo” #JuntsAnemAMUNT ! #AllToPlayFor

— Valencia CF 🦇🍊🌊 (@valenciacf) April 5, 2021

Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!