NO SALTO

Brand Lovers: a fábrica de embaixadores que utiliza o poder dos micro e nanoinfluenciadores

Os pequenos perfis de formadores de opinião são para o seus seguidores, pessoas genuínas, são embaixadores das marcas, com informações verdadeiras.

Cris Aragoni
Publicado em 30/05/2023, às 12h48

FacebookTwitterWhatsApp
brand lovers a força das mídias sociais - Reprodução / Internet
brand lovers a força das mídias sociais - Reprodução / Internet

No mundo das mídias sociais, o marketing de influência se tornou uma ferramenta poderosa para as marcas aumentarem a visibilidade e alcançarem novos públicos. Embora influenciadores de celebridades com milhões de seguidores possam cobrar altas taxas por postagens patrocinadas, há uma tendência crescente de micro e nano influenciadores que têm seguidores menores, porém mais engajados. Esses influenciadores geralmente têm entre 1.000 e 10.000 seguidores e são considerados mais autênticos e identificáveis do que seus colegas maiores.

Ao fazer parcerias com micro e nano influenciadores, as marcas podem explorar seu público de nicho e melhorar suas taxas de engajamento.

Micro e nano influenciadores são indivíduos que têm menos seguidores, geralmente variando de algumas centenas a alguns milhares de seguidores. Embora seu alcance possa ser menor, eles geralmente têm seguidores altamente engajados e leais em um nicho ou comunidade específica. Isso os torna um ativo valioso para marcas que buscam atingir um público específico.

Um estudo realizado pela Later Blog chegou aos seguintes dados: nano influenciadores entregam seu conteúdo para 33% dos seus seguidores e 4% é a taxa de engajamento de cada post. Por outro lado, macro influenciadores entregam seu conteúdo para 10% dos seus seguidores e 1,5% é a taxa de engajamento de cada post. (https://www.influency.me/blog/nano-e-micro-influenciadores/)

Os micros influenciadores, por exemplo, costumam ser vistos como mais identificáveis e confiáveis do que seus colegas maiores.

Eles geralmente são vistos como especialistas em seu nicho e têm uma conexão mais profunda com seus seguidores. Os nanoinfluenciadores, por outro lado, podem ter um número ainda menor de seguidores, mas geralmente são altamente influentes em seu círculo imediato de amigos e familiares. Isso os torna uma ferramenta poderosa para marcas que desejam explorar mercados ou comunidades locais.

No geral, os micros e nano influenciadores oferecem uma abordagem mais direcionada e econômica ao marketing de influência.

Ao fazerem parcerias com influenciadores que têm seguidores menores, mas mais engajados e leais, as marcas podem construir relacionamentos autênticos com seu público-alvo.

Os benefícios são inúmeros:

Credibilidade: público altamente engajado que acredita na autoridade e na opinião, seus seguidores geralmente são leais e interessados em seu nicho, o que os torna mais propensos a confiar e agir de acordo com as recomendações do influenciador. Isso significa que as marcas podem alcançar um público-alvo que já está interessado em seu produto ou serviço.

Em segundo lugar, os micros e nano influenciadores costumam ser vistos como mais autênticos e identificáveis do que os mega-influenciadores.

Normalmente, são pessoas comuns com paixão ou experiência em uma área específica, em vez de celebridades ou estrelas da mídia social. Essa autenticidade percebida pode ajudar a criar confiança com seus seguidores e aumentar o impacto de suas recomendações.

Em terceiro lugar, os micros e nano influenciadores costumam ser mais econômicos para as marcas trabalharem.

Os mega-influenciadores podem exigir altas taxas por parcerias de marcas, enquanto os micros e nano influenciadores podem estar dispostos a trabalhar em troca de produtos gratuitos ou de uma pequena taxa. Isso torna mais fácil para marcas com orçamentos menores explorar o poder do marketing de influência.

No geral, os benefícios de usar micro e nano influenciadores para marcas incluem público-alvo, autenticidade e relacionabilidade e relação custo-benefício. Ao trabalhar com esses influenciadores, as marcas podem aumentar seu alcance e engajamento com um público altamente segmentado.

Existe ainda o poder da autenticidade na era do marketing de influência, esse é um dos fatores que podem criar ou destruir reputação de uma marca.

Os pequenos perfis de formadores de opinião são para os seus seguidores, pessoas genuínas, são embaixadores das marcas, com informações verdadeiras.

Não existe a publicidade enlatada cujo conteúdo pode parecer encenada e não autentico, a paixão genuína pelos produtos que estão promovendo fazem deles embaixadores, geralmente com conexões pessoais ou interesses no nicho que operam.

Além de serem mais propensos a interagir com seus seguidores em um nível pessoal, respondendo a comentários e mensagens e criando um forte senso de comunidade.

Marcas que trabalham com micro e nano influenciadores se beneficiam dessa autenticidade por associação. Ao fazer parcerias com influenciadores que são genuinamente apaixonados por seus produtos, as marcas podem alcançar um público altamente engajado e fiel, com maior probabilidade de confiar e comprar seus produtos.

 Além disso, a natureza mais direcionada do público de micro e nanoinfluenciadores significa que as marcas podem alcançar um público mais nicho com maior precisão, o que pode levar a maiores taxas de conversão e a um maior retorno sobre o investimento.

No geral, o poder da autenticidade por meio de micro e nanoinfluenciadores não pode ser subestimado, e as marcas que adotam essa abordagem provavelmente obterão benefícios significativos a longo prazo.

"Segundo estudo conduzido pela Nielsen, o Brasil é o país líder em influência digital, com mais de 500 mil criadores de conteúdo que possuem ao menos 10 mil seguidores reunidos em diferentes plataformas. Somos, também, o segundo país que mais segue esses perfis, de acordo com o levantamento das agências Hootsuite e We Are Social (44,3% dos internautas, ficando atrás apenas das Filipinas, com 51,4%). Os dados ajudam a explicar o sucesso da estreia do “Botiverso”, plataforma inédita e exclusiva lançada pelo Boticário para acelerar criadores de conteúdo do TikTok: foram mais de 1200 vídeos inscritos e 64 milhões de pessoas impactadas nas redes sociais com mais de 1300 conteúdos publicados pelos 10 participantes."

O que é Marketing de Influência?

É uma abordagem de marketing que consiste em praticar ações de divulgação de uma marca utilizando pessoas que exercem influência na internet sobre um determinado grupo. Essas pessoas influentes são os chamados influenciadores digitais. Quando contratados, os influenciadores produzem publiposts e, como resultado da estratégia, o grupo atingido pelo conteúdo promocional pode ter suas opiniões moldadas ou suas decisões de compra motivadas. 

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!