Coluna Albatroz - edição 1269

Costa Norte
Publicado em 07/02/2014, às 14h58 - Atualizado em 23/08/2020, às 14h14

FacebookTwitterWhatsApp

BERTIOGA

Novo horário, velhos hábitos Mesmo com o novo horário das sessões ordinárias da Câmara Municipal de Bertioga, agora às 18 horas, os vereadores continuam a se atrasar. A primeira sessão do ano de 2014, ocorrida na última terça-feira (4), começou com 15 minutos de atraso. Como nenhum parlamentar apresentou moções, e apenas um projeto de lei foi votado, a sessão durou apenas duas horas e 30 minutos.

Sessão tranquila Ao contrário do que muitos esperavam, a sessão foi tranquila e sem intrigas. O motivo de apreensão seria uma polêmica discussão entre os vereadores Alemão (PROS) e Valéria Bento (PMDB), durante sessão extraordinária, ocorrida no último dia 29, que gerou, inclusive, um boletim de ocorrência, na delegacia local.

Proteção parlamentar Devido o ocorrido na sessão do dia 29, Alemão apresentou um trabalho referente à segurança da casa, no qual pede que sejam instaladas portas giratórias e/ou detector de metais, além de revistas feitas por seguranças, para que ninguém entre armado ou com objetos que incorram em perigo a funcionários e visitantes da Câmara.

Pela segurança O vereador Luiz Carlos Pacífico Junior (PROS) apresentou indicação, assinada pelos demais vereadores, para que os guardas civis municipais recebam pagamento adicional de periculosidade. Pacífico alega que estes profissionais expõem-se a perigos diariamente. Prova disso é que eles até usam colete à prova de balas.

Comarca Com o apoio de Pacífico, a vereadora Márcia Lia (PRB) pede ao Executivo que Bertioga torne-se uma comarca. O objetivo é aumentar a receita tributária do município e facilitar o atendimento em cartório eleitoral e cartório de registro de imóveis, além de Vara Federal do Trabalho, entre outros.

Contra a dengue Márcia também apresentou projeto de lei para que a Secretaria de Saúde incentive o cultivo das plantas citronela e Crotalária Juncea, para ajudar no combate à dengue no município. De acordo com a vereadora, a crotalária atrai libélulas que, por sua vez, comem ovos do Aedes aegypti, o mosquito transmissor da dengue.

Para fluir o trânsito Devido aos constantes congestionamentos da rodovia Rio-Santos, entre os bairros Chácara Vista Linda e Jardim Vista Linda, o vereador Alecrim (PR) apresentou uma indicação para que seja implantada uma rotatória no local. A ideia é que os carros que transitam dos bairros para a pista e vice-versa fluam com mais facilidade.

Melhoria urbana Os vereadores Toninho Rodrigues (DEM) e José Feliciano (PTB) apresentaram propostas para melhorar a infraestrutura de vias. Enquanto Feliciano pede por roçadas de mato nas quadras T,V e Z, do loteamento Costa do Sol, em Guaratuba, Toninho solicita aterramento de uma valeta entre a avenida Emancipador Diney Lyra e a rua Marly, no bairro Indaiá.

Transporte de estudantes I Mais uma vez, o início do ano letivo é marcado por desconforto, incertezas e protestos em relação ao transporte de universitários bertioguenses. Os universitários viram-se diante de uma encruzilhada: ou escolher ônibus mais confortáveis, ou mais veículos, para atender a demanda de novos alunos. Escolheram ser solidários, e atender novos interessados.

Transporte de estudantes II Com o abacaxi nas mãos, levaram o caso aos vereadores e ao prefeito que, solidário à causa, resolveu determinar o aumento de repasse à instituição que, agora, poderá contratar mais três coletivos para atender a lista de espera dos estudantes. Contudo, ainda assim, os jovens terão que arcar com um aumento na contribuição mensal.

Transporte de Estudantes III O presidente da Associação dos Estudantes Técnicos e Universitários de Bertioga (Aetub) Luciano Pinto dos Santos não renunciou, apesar de ter ficado chateado com as ofensas que lhe foram feitas nas redes sociais. Ele desistiu da renúncia após ser convencido de que os insultos dos descontentes não deveriam afetar seu trabalho.

Transporte de Estudantes IV Quem paga a conta – só para lembrar que os recursos repassados ao transporte dos estudantes não são nem do prefeito, nem dos vereadores, nem dos estudantes – são os contribuintes bertioguenses, muitos dos quais nunca tiveram o privilégio de ter esta ajuda, arrecadados por meio dos impostos. Assim, convém recomendar a todos que o dever de respeitar o dinheiro do povo é fundamental neste caso.

GUARUJÁ

Manifestação acalourada I Cerca de 30 alunos da Unaerp fizeram uma manifestação em frente à universidade, na noite de terça-feira, 4. Quem passou pelo local viu um movimento bem organizado, sem prejuízos ao trânsito, porém, pode ter ficado em dúvida quanto ao objetivo do protesto. O que os alunos pediram é a instalação de aparelhos de ar-condicionado nas salas de aula.

Manifestação acalourada II

Em resposta, a diretoria da Unaerp informou, por meio de comunicado, que “a 1ª fase de implantação já conta com climatização, visto que todos os nossos laboratórios possuem sistema de ar-condicionado”, e que já realizou a compra da 2ª fase de implantação e aguarda a entrega dos primeiros aparelhos que serão instalados gradativamente.

Procon atuante

O Procon de Guarujá atua intensamente desde o início do ano. Após multar duas concessionárias de serviços na cidade, agora o órgão multou o Grupo Vivo/Telefônica em R$ 410.986,67, devido a reclamações de consumidores, que se queixam de problemas básicos, como demora em reparos e para atender pedidos de transferência de linhas. A empresa tem até 15 dias para recorrer da multa, a partir da data do recebimento. O consumidor pode procurar o Procon na rua Washington, 719, centro. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones: 3355 1232/6648.

Confirmada para a Copa

A Pérola do Atlântico está confirmadíssima como o Centro de Treinamento de Seleções, escolhida pelas seleções da Bósnia e Herzegovina. O apito final foi dado com o término do prazo de escolha das seleções para suas subsedes, no dia 31. A estadia será durante a sua preparação e o mês de disputa da Copa do Mundo. A prefeita de Guarujá Maria Antonieta de Brito comemorou o resultado, bom, inclusive, para a geração de emprego e renda proporcionada pela disputa.

SÃO SEBASSTIÃO

Mensalinho

A 9.a Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo acolheu recurso da prefeitura de São Sebastião, e condenou, na sexta-feira, 7, o ex-prefeito Juan Manoel Pons Garcia; o ex-secretário de Obras Thales Guilherme Carlini; a vereadora Solange Rodrigues de Araújo Ramos; e Antonio Marcio Moreno de Oliveira, representante legal da empresa Reedifica Construtora Ltda., a penas que incluem perda de função pública e suspensão dos direitos políticos, entre outras sanções, pela prática de ato de improbidade administrativa prevista no Art. 10, XII e 11 da Lei 8.429/92.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!