Projeto de atendimento médico da Santa Casa de SP chega em São Sebastião

Costa Norte
Publicado em 25/01/2013, às 14h38 - Atualizado em 23/08/2020, às 13h55

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte
Alunos percorrem ruas do bairro para apresentar o projeto

Uma iniciativa dos estudantes de Medicina da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo promete trazer benefícios para a comunidade sebastianense. Trata-se do projeto ‘Expedições Científicas e Assistenciais’, que tem por objetivo prevenir e promover a saúde atendendo as necessidades da população. O Peca, como também é chamado, foi oficialmente aberto na noite desta quarta-feira (23) no Teatro Municipal, com a participação dos universitários envolvidos no trabalho que já passou por várias cidades do Estado. Na semana passada alguns estudantes estiveram na cidade para percorrer as ruas da Topolândia, na região central, divulgando o projeto que acontecerá no bairro até a próxima terça-feira (29).

Atendimento O palco da ação será a EM Topolândia, onde os universitários e professores da faculdade prestarão diversos atendimentos aos moradores das 8h às 18h. Além do atendimento médico rotineiro oferecido pelo Centro de Especialidades Médicas no bairro e a Estratégia de Saúde da Família, a população local receberá o programa voluntário que movimentará mais de 200 profissionais da Saúde. O bairro da Topolândia foi selecionado por ser densamente populoso e carente.

O projeto O Peca é uma iniciativa estudantil, em parceria com a Secretaria municipal de Saúde, onde professores e alunos da instituição promovem atendimentos no setor após definirem uma localidade no Estado de SP. Ele surgiu em 2004 a partir da necessidade de ampliar a medicina preventiva e de promover suporte ao atendimento básico de saúde, juntamente com a busca por uma nova forma de contato com as diversidades socioculturais, além de trazer aos participantes uma oportunidade de expansão de conhecimentos, adquiridos frente às novas experiências e levados além dos limites hospitalares.

Palestras Durante a estadia em São Sebastião, o grupo promoverá palestras e oficinas sobre temas diversos, tais como alcoolismo, câncer de pele, gravidez na adolescência, surdez, cuidados pessoais, diabetes, hipertensão, higienização bucal e hábitos alimentares, dengue, leishmaniose e febre amarela.

Triagem Haverá também ações de triagem e prevenção contra o câncer de pele, glaucoma e catarata, câncer de colo de útero (com realização de Papanicolau), doenças parasitárias, acidentes de trabalho, distúrbios mentais, alcoolismo, diabetes e hipertensão entre outras enfermidades. Ainda será possível a realização de exames laboratoriais e de imagem e de cirurgias no centro cirúrgico do Hospital de Clínicas de São Sebastião.

Especialidades A população terá acesso a atendimento médico das diversas especialidades e encaminhamento para enfermagem, fisioterapia, fonoaudiologia, nutrição, odontologia e serviço social, quando necessário. Outras ações desenvolvidas serão orientação e tratamento de lombalgia, distúrbios fonoaudiólogos como deficiência auditiva e alteração da fala e linguagem nas diversas faixas etárias, além de problemas odontológicos, nutricionais e medicamentos.

Resultados O resultado obtido pela expedição irá colaborar com fornecimentos de dados epidemiológicos para a Secretaria Estadual de Saúde, que pode servir de objeto de análise e, consequentemente, viabilizar melhorias no serviço de saúde. Na cidade, 20% dos agendamentos do Peca serão para aqueles pacientes que já aguardam consulta via setor de regulação da Secretaria da Saúde. O restante das vagas será oferecido para pacientes do Programa de Saúde da Família do Topovaradouro, Itatinga e Olaria, todos na região central da cidade. Haverá ainda atendimento de alguns encaminhamentos da rede de saúde municipal.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!