Aprovada licitação para construção de 21 sondas de perfuração no país

Costa Norte
Publicado em 01/07/2011, às 09h54 - Atualizado em 23/08/2020, às 13h19

FacebookTwitterWhatsApp

A diretoria da Petrobras aprovou o início do processo de licitação para a contratação de até 21 sondas de perfuração marítimas. As unidades se destinam a atender as demandas exploratórias e de desenvolvimento da produção da companhia e serão construídas no Brasil. Para cada unidade será assinado um contrato de afretamento com a licitante vencedora e outro de operação com empresa experiente em operação de unidades de perfuração marítimas.

Limite A empresa convidada poderá apresentar proposta para um ou mais lotes, contendo uma ou mais unidades, até o limite máximo de 21 sondas. Será exigida a certificação de conteúdo local, com percentuais mínimos, conforme critério da ANP.

Estratégia A licitação faz parte da estratégia para contratação de até 28 novas sondas de perfuração a serem construídas no Brasil para exploração em águas ultra-profundas, incluindo os campos localizados no pré-sal. A contratação do 1º lote de 7 sondas foi anunciada pela Petrobras em fevereiro deste ano.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!