Prefeita de Cubatão é declarada inocente e continua no cargo

Costa Norte
Publicado em 09/09/2016, às 06h52 - Atualizado em 23/08/2020, às 15h29

FacebookTwitterWhatsApp
Costa Norte
Costa Norte

*Foto: Divulgação CMC

Os vereadores de Cubatão decidiram que a prefeita Márcia Rosa (PT) e o vice Donizete Tavares (PSD) continuam nos cargos. A sessão de julgamento da cassação começou às 17h40 de ontem e terminou pouco antes das 20 horas. A primeira sessão, realizada na última terça-feira, 6 , teve que ser adiada por causa de protestos de manifestantes. Para evitar mais confusão, o julgamento desta quinta-feira foi feito sem a presença da população. Somente vereadores, assessores e jornalistas puderam entrar no plenário da Câmara.

Os parlamentares consideraram a maioria das denúncias contra Márcia Rosa improcedente. Durante a sessão, os vereadores leram um parecer de mais de 30 páginas.  A prefeita respondeu por nove infrações. Entre elas, fracionamento do pagamento dos aposentados, atraso no pagamento do 13º salário dos servidores e problemas com prestadoras de serviços da cidade. Em cinco infrações, os vereadores foram favoráveis, mas o quórum de dois terços para a condenação não foi atingido.

Após quase 3 horas de julgamento, o presidente da Câmara, Aguinaldo Araújo (PDT), considerou as denúncias contra a prefeita e o vice improcedentes e anunciou que o processo seria arquivado. Simpatizantes da chefe do executivo, que acompanharam a sessão do lado de fora, comemoram a permanência de Márcia Rosa no cargo.

Comentários

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!