SANEAMENTO BÁSICO

Programa Onda Limpa da Sabesp vai ampliar saneamento em Praia Grande

Com início em junho, obras para implantar redes de esgoto devem beneficiar 69 mil moradores de diversos bairros de Praia Grande

Redação
Publicado em 31/05/2024, às 15h13 - Atualizado às 15h30

FacebookTwitterWhatsApp
Obras devem contribuir para melhorar as condições das praias da cidade - Richard Aldrin/Prefeitura de Praia Grande
Obras devem contribuir para melhorar as condições das praias da cidade - Richard Aldrin/Prefeitura de Praia Grande

A Sabesp anunciou início de obras de esgotamento sanitário em Praia Grande, a partir de junho, como parte do programa Onda Limpa. As obras devem beneficiar cerca de 69 mil pessoas, além de melhorar as condições das praias e proteger a vida marinha em Praia Grande. Elas pretendem coletar e levar para tratamento o esgoto dos bairros Samambaia, Jardim Esmeralda, Ribeirópolis, Trevo, Japurá, Nova Mirim, Anhanguera, Tupiry, Intermares e Imperador.

O diretor-presidente da Sabesp André Salcedo explica: “Nosso objetivo é transformar a vida dos moradores dessas regiões por meio do saneamento. É um ação que será potencializada com o novo contrato, que vai nos permitir ampliar a área de atendimento dos nossos serviços no município”.

Com as novas obras, Praia Grande deve atingir 90% de cobertura de esgoto em 2024, na área urbana formal, o qual será encaminhado para tratamento. Segundo Paula Violante, diretora de engenharia e inovação da companhia, “estamos intensificando nossa ação em Praia Grande. Até o fim do ano, várias frentes de trabalho vão atuar num esforço planejado, para ampliar o sistema de esgoto e melhorar a cada dia a vida de milhares de pessoas que moram nessas regiões, evoluindo com os índices de cobertura de esgoto do município”.

Serão construídos 109km de redes, oito estações elevatórias e 15.500 ramais em imóveis, até o fim de 2024. O primeiro trecho dos trabalhos será na região Trevo/Melvi, que foi dividida em duas frentes. As obras de saneamento da Sabesp continuarão em 2025. Serão mais 8.400 ligações de imóveis.

Onda Limpa

Lançado em 2007, o programa Onda Limpa tem expandido a coleta de esgoto na região metropolitana da Baixada Santista, no sentido de atingir a universalização do atendimento. De acordo com a Sabesp, a iniciativa contribui para a melhoria da saúde, qualidade de vida e balneabilidade das praias, com reflexos diretos na valorização imobiliária e atração de turistas. Em 2019, o programa chegou ao litoral norte, intensificando os trabalhos em saneamento na região.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!